Carnage
Imagem: Marvel

Música! Não importa qual gênero musical seja, com certeza você gosta. Ainda mais se for uma pessoa que curte cinema e principalmente games. A indústria dos jogos possui trilhas sonoras fantásticas e imortais como da franquia Zelda ou apenas alguns segundos de som que indicam que seu Playstation irá ligar ou travar.

A trilha sonora é tão importante para uma história, que ela acaba indicando a chegada de inimigos ou se o momento é de paz. E para isto é importante possuir pessoas com um bom tato e ouvido para fazer estas criações. Um deles, é Caio Gaona, que toca bateria desde os 15 e hoje atua como professor de música, mas é justamente em alguns momentos de folga que Caio empunha novamente as baquetas para que elas reproduzam as trilhas sonoras favoritas do músico: a dos games.

Nós já fizemos uma entrevista com o Caio, que é apaixonado pelo Homem-Aranha. Ele acaba de lançar a segunda parte da trilogia do Aranha dos anos 90 que fez para o seu canal. Caio disse que o motivo de ter escolhido Maximum Carnage foi, “por ser um jogo que marcou muito minha infância e por ser um tema muito bacana. A inspiração veio também de bandas de hard rock como Skid Row, Guns Roses para fazer a linha de bateria e o solo foi da bateria do John Bohan (Led Zeppelin)”.

“A criação da trilha foi feita por Chris Jojo membro do Genesis e o arranjo para o vídeo foi o Bridy, um músico e produtor que mora no Chile”, disse Caio. A batida de Maximum Carnage é ótima. Faz uma grande homenagem a um dos principais antagonistas do Aranha.

Os antigos fãs do Cabeça de Teia irão se lembrar de certas partes que remetem a antigas trilhas do herói. Dá até vontade de ligar o Mega Drive e colocar o cartucho para jogar! É sem dúvida alguma uma das melhores homenagens feitas ao clássico. Confira o vídeo acima.

Leia também: