BIG DIGITAL 2020
Imagem: Divulgação.

BIG Digital, que aconteceu na semana passada, entre 22 e 26 de junho, foi visto por mais de 22 mil pessoas no Brasil e no mundo – ao todo, o conteúdo do evento obteve mais de 2 milhões de visualizações. Pela primeira vez em formato 100% digital, o mais importante hub do mercado de games independentes da América Latina intermediou ainda 3.876 encontros de negócios, reforçando a vocação do BIG em fomentar o desenvolvimento do setor.

Se por um lado não foi possível realizar em formato presencial o evento tão querido pela indústria e pelo público, por outro pela primeira vez o conteúdo do BIG esteve ao alcance de qualquer pessoa, em qualquer lugar do Brasil ou do mundo. A qualidade das palestras e os números de audiência mostram que este esforço valeu a pena”, celebra Gustavo Steinberg, diretor do BIG.

Ao todo foram 25 palestras, todas com transmissão online, que reforçaram a vocação do BIG em mostrar as novidades do cenário de desenvolvimento de jogos do Brasil. Quem assistiu ao “Showcase de Jogos Brasileiros 2020”, por exemplo, viu alguns dos mais promissores games nacionais a serem lançados ainda este ano.

Já a Nintendo aproveitou o BIG Digital para anunciar a certificação dos kits de desenvolvimento para o Switch no Brasil. “Todos eles [kits] agora podem ser requisitados oficialmente conosco e certificados para o Brasil”, disse Scott Hawkins, executivo da Nintendo, durante a palestra.

Pela primeira vez, o BIG organizou um torneio de eSports e, fiel às características do evento, qualquer pessoa poderia participar. Foram mais de 5000 inscrições para os campeonatos de Free Fire e Brawl Stars, cujas finais foram transmitidas online no Youtube.

A próxima edição do BIG Festival, em formato presencial, está prevista para acontecer de 27 a 31 de janeiro, em São Paulo. Para acompanhar novidades do evento, visite o site oficial.

Rodadas de negócios
Desde 2012, quando aconteceu a 1ª edição do BIG Festival, em São Paulo, o evento estabeleceu-se como palco para geração de negócios. Mesmo em formato online, desta vez não foi diferente: foram 3.876 encontros de negócios entre 333 empresas de mais de 38  países diferentes.

Foi uma oportunidade ouro para desenvolvedores do Brasil se reunirem com gigantes do segmento, como Nintendo, Microsoft, Sony, Ubisoft, Electronic Arts, Valve Software e Epic Games, que enxergam no BIG uma ocasião para ver de perto a produção de games local.

A área de negócios do BIG Digital teve o apoio do Program Brazil Games, uma parceria entre a Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Confira a lista das principais empresas estrangeiras que participaram do BIG Digital:

Another Indie | Braavo Capital | ByteDance (TikTok) | Cartoon Network | Connection Events | CV Capital | DANGEN Entertainment | Devcom Conference | Devolver Digital | Doppio Games | Dotemu | Electronic Arts, Inc. | Epic Games | Execution Labs | Facebook | Flanders Investment & Trade – Embaixada da Bélgica | Gamigo Group | Garena | goGame | Humble Bundle | ID@Xbox | IDA Ireland | Kowloon Nights| Konami | Mail.Ru Games Ventures | Makers Fund | Marvelous Inc. | Microsoft Gamestack | ​Montréal International | Nintendo | Nutaku Publishing | Pixtel | Poki | Roblox | Scopely Inc. | Shedofideas Game Studio | Sixense Studios | Snapchat | Sony | Tenjin | Terra Localizations | The Powell Group | Those Awesome Guys | Tokyo Game Show | Triple Dragon | UberStrategist, Inc. | Ubisoft | Unreal | UK Department for International Trade | Valve | Vicon Motion Capture Systems | Voodoo | Wargaming | Xbox | Xsolla

Leia também:

Veja Também: