Call of Duty | Activision é processada por uso indevido de personagem

Publicado em 4/2/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nem tudo são flores ou balas no universo de Call of Duty. De acordo com um processo divulgado via Torrentfreak, o diretor Clayton Haugen, esta processando a Activision por infração de direitos do autor.

Em meados de 2017, Haugen fechou parceria com a atriz e streamer, Alex Zedra, onde a mesma serviu como modelo de “Cade Janus“. A ideia do diretor com as fotografias era para ilustrar sua história aos estúdios de filmes, afim de adapta-la para o cinema. Recentemente, a agente venezuelana Mara, no qual se assemelha a Zedra, foi adicionada em Modern Warfare.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo do processo, o diretor adicionou algumas imagens, no qual comparam a personagem com a atriz. Ainda é ressaltado que a Activision utilizou imagens do ensaio para o desenvolvimento de Mara.

O que deixa o processo mais complexo é que, Zedra também foi convidada pela Activision para servir de modelo para personagem. E segundo o diretor, pediram para atriz os mesmos itens utilizados no ensaio fotográfico.

A Activision ainda não se pronunciou acerca da situação até o momento.

Via: IGN Portugal

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio