Edmundo processa a EA Sports , responsável por games de FIFA

Publicado em 13/5/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Edmundo está furioso com a EA Sports. O ex-jogador entrou na justiça contra a Eletronic Arts por conta de um alegado uso indevido de imagem nos games FIFA Manager e FIFA SOCCER em 2007, 2008 e 2009. A indenização a ser cobrada beira um salário de jogador de futebol dos dias atuais: R$ 180 mil.

Os advogados do “Animal”, como era conhecido em seu auge habilidoso e polêmico, apontam que a EA Sports faturou cerca de R$ 26,5 bilhões somente em 2018 com a comercialização de jogos virtuais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O fato é que o lucro obtido às custas da utilização indevida da imagem dos atletas não chega aos protagonistas do game. Justamente por isso, reside aqui o núcleo da presente ação: o autor não foi pago pela utilização de sua imagem em nenhum dos anos que os jogos foram comercializados e merece, portanto, ser indenizado por isso“, relatou o advogado de Edmundo.

Lista de processos

Atualmente, a EA Sports enfrenta uma série de problemas com a justiça do Brasil. De acordo com o UOL, a empresa de games se defendeu quase sempre informando que obteve licença para utilização das imagens dos atletas mediante acordos firmados com a FIFPro, um sindicato de jogadores profissionais internacionais, com sede na Holanda.

Contudo, os tribunais entenderam como sem validade esses acordos entre EA e a FIFPro, que representa 65 federações pelo mundo e mais de 60 mil jogadores. Assim, couberam aos advogados de Edmundo se valerem da Lei 9.615/2008, em seus artigos 87 e 87-A, que abordam o poder individual na administração e exploração do seu nome ou apelido desportivo, para poderem entrar com a ação judicial.
Procurada pelo departamento esportivo do uol, a EA ainda não se manifestou.

Confira abaixo um gol de Edmundo em FIFA 2008, e na sequência, deslizes de FIFA 09:

Confira abaixo como foi uma parte do 2008 de Edmundo

Confira abaixo como foi uma parte do 2008 de Edmundo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio