Elden Path of the Forgotten
Elden: Path of the Forgotten

Elden: Path of the Forgotten, um dos destaques indie dos eventos digitais deste verão, foi lançado nesta quinta-feira (9) para Nintendo Switch e no dia seguinte para PC, via Steam e Utomik.

Criado pelo desenvolvedor solo australiano Dylan J. Walker (Onerat Games) e publicado pela Another Indie, a editora por trás de títulos de terror aclamados como Yuppie Psycho e a série SIMULACRA, Elden: Path of the Forgotten guia os jogadores por uma missão em uma terra destruída para salvar a mãe de Elden de horrores antigos

Elden: Path of the Forgotten faz parte de uma onda de jogos clássicos de estética 8 e 16 bits, como Hyper Light Drifter e Children of Morta, e foi descrito como “mais sombrio e perturbador que Salt & Sanctuary ou Titan Souls” por Fraser Brown da PC Gamer.

Elden é uma jornada sombria, intrigante e requintada através da psique do desenvolvedor que convida os jogadores a descobrir a narrativa do jogo por si mesmos por meio da observação do entorno e da música.

CARACTERÍSTICAS

  • Explore um mundo enigmático e assustador que combina desafio com uma narrativa visual única.
  • Domine uma variedade de armas em batalhas impressionantes contra criaturas do universo Eldritch.
  • Controle poderes sobrenaturais com feitiços terríveis e extraordinários.
  • Corrompa sua sanidade com uma linda trilha sonora minimalista e intrigante.

Leia também: