Executivo da Riot Games diz que George Floyd foi assassinado pelo seu “estilo de vida criminoso”

Publicado em 11/6/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ron Johnson, chefe global de produtos de consumo da Riot Games, desenvolvedora do famoso League of Legends, compartilhou uma imagem em sua conta pessoal no Facebook, listando as condenações anteriores de George Floyd.

Na legenda, o funcionário da empresa diz que “esse tipo de estilo de vida criminoso nunca resulta em coisas boas. Pode acontecer com você ou com as pessoas ao seu redor”. O executivo está sendo investigado internamente pela empresa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gorge Floyd foi assassinado pela polícia americana no último mês, por comprar um maço de cigarros com uma nota falsificada de US $ 20.

Imagem: Reprodução

“Diremos firmemente que o sentimento nessa imagem é repugnante, contra nossos valores e contraria diretamente nossa crença de que abordar o racismo sistêmico exige uma mudança social imediata”, declara a Riot Games, após a publicação do executivo.

De acordo com a desenvolvedora, Ron Johnson está agora de licença até que a decisão sobre o seu futuro na empresa seja decidido.

A Riot divulgou uma declaração na semana passada descrevendo seu “Compromisso de Impulsionar a Mudança”, que inclui doar 1 milhão de dólares para programas de educação e justiça das minorias.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio