TBT Gamer | Brasileiro cria uma igreja de Overwatch

Por trás da ideia, existe uma teoria concreta acerca da religião que chega a envolver politica pública

Publicado em 22/4/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso é antigo, mas relembrar é viver! Já tivemos diversos casos inusitados no mundo dos games, seja uma idosa orando para uma estátua de LoL ou um teste de gravidez que roda Doom. Em 2017 foi criada uma igreja para Overwatch no Brasil.

Desenvolvida pelo estudante de jornalismo, Mateus Mognon, o projeto não passou de uma tese, afim de apresentar o caminho de se iniciar um culto religioso e principalmente, a facilidade em conquistar imunidade tributária no país.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Meu objetivo não era apenas provar que começar uma igreja não é desafiador, mas chegar aos limites do sistema”, afirmou Mateus, na época. “Com a Lei Maior me dando apoio, decidi ir além do esperado. Eu não criei apenas uma igreja, eu criei uma religião.”

De acordo com o mesmo, há uma enorme imunidade de imposto pelas grandes instituições religiosas do país, mesmo que ela seja ligada e desenvolvida para cultuar Overwatch.

“Se eu fosse uma pessoa dedicada a cometer um crime, podia ter feito tudo isso em uma semana. Com uma simples pesquisa na internet, você encontra modelos da ata e do estatuto para começar sua religião.”

Além disso, Mognon estabeleceu uma série de regras para os seguidores da religião e um personagem específico para ser “endeusado”, sendo ele, Hanzo.

“A paz e harmonia na internet e em comunidades online”, comenta Mognon. “Hanzo tem muito potencial pra ser divinizado pra quem não conhece a fama dele na comunidade. Com a roupa certa ele pode ser confundido com um santo facilmente. A história de superação e busca por perdão dão uma boa base para isso também.”

Overwatch está disponível para PC, PS4, Switch e XBox One. Na Amazon, você pode encontrar os doze primeiros quadrinhos do game por R$ 40 reais.

Via: Vice/Pedro Falcão e Mateus Mognon/Pixel Nerd

Siga o Observatório de Games nas redes sociais

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio