FIFA 21 | Carta de jogador uruguaio dispara no UT após seu falecimento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É comum que algumas cartas no Ultimate Team, modo online do FIFA 21, tenham valores espantosos. Todavia, certos casos que envolvem o UT nos fazem questioná-lo. Após duas semanas do falecimento do jogador uruguaio Santiago García, sua carta teve uma supervalorização de 1000%.

O motivo se deu após o anúncio da EA nessa quinta (18), no qual revelava a retirada da carta do centroavante dos pacotes, o que fez com que houvesse a supervalorização da mesma. O caso é semelhante ao episódio da morte de Maradona.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Trazendo consigo o overall de 76, a carta chegou a ser comercializada por até 10 mil moedas, valor máximo de venda. No dia anterior, antes do anúncio da retirada do card, a mesma valia 630 moedas.

No início da manhã do dia 6 de fevereiro, o atacante afastado do Godoy Cruz, clube argentino, foi encontrado morto em sua casa. A princípio, a polícia trata o caso como suicídio.

Nas redes sociais, alguns internautas demonstraram repúdio a supervalorização da carta do jogador após sua morte. No momento dessa publicação, os valores tiveram uma significativa queda, porém não chega perto do valor original da mesma.

Santiago García em Fifa 21 Imagem: Reprodução/Futbin
A comunidade do FIFA é uma das piores, senão a pior e a mais desonesta comunidade de jogos que já existiram. Imagine colocar a carta de Santiago García ao preço máximo após seu suicídio.
A comunidade do FIFA é absolutamente nojenta, Santiago García cometeu suicídio por causa da depressão e a comunidade do FIFA investiu em seu cartão para obter lucro.

Via: Bruno Povoleri/Globo Esporte e apuração

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio