eFootball PES 2020
Imagem: Konami

Sabemos que alguns jogos, normalmente multiplayer online, são recheados de bugs, o que resulta numa série de reclamações para a empresa desenvolvedora. Em Tókio, o nível foi além, chegando a ponto de uma ameaça de bombardeio na sede da Konami.

De acordo com o site Yomiuri, o jovem de 16 anos foi acusado de fazer ameaças na seção de revisão de uma loja online, entre os dias 16 e 18 de junho. Foi relatado que o jogo em questão é o PES, de dispositivos móveis.

Confira: Sony está interessada em comprar franquias da Konami

Entre os comentários do suspeito estão: “Vou explodir a sede da Konami” e “vou matar as pessoas que trabalham na Konami”. O indivíduo alegou que mesmo que fosse no Japão, o terrorismo ainda era possível.

Após ser autuado, o rapaz [que ainda está no ensino médio] admitiu as acusações, relacionando a ira com o bug que ocorreu dentro de game – ou seja, por conta de problemas de conexão que o fizeram perder, ele estava “chateado” com a empresa.

Veja Também: