Marvel's Iron Man VR
O novo jogo da Marvel em parceria com a Sony busca trazer a essência de Stark aos games. Imagem/reprodução: Marvel's Iron Man VR

Nos próximos dias, será lançado Marvel’s Iron Man VR, jogo baseado no gênio, bilionário, playboy e filantropo, Tony Stark. Durante a história, teremos a oportunidade de viver na pele de Stark, isso também inclui seus dilemas pessoais.

Durante uma entrevista ao CB, o diretor do Iron Man VR, Ryan Peyton da Camouflaj, e Bill Rosemann, vice-presidente e chefe de criação da Marvel Games falaram sobre como o projeto se desenvolveu e também de como a empresa captou a essência que a Marvel buscava para a jogatina.

Isso foi parte do golpe duplo da Camouflaj e Ryan”, explicou Rosemann. “A primeira foi que, apenas com a demo que eles fizeram, apenas com a cidade das caixas cinzas, voando envolta delas como o Homem de Ferro, eles conseguiram completamente pegar a experiência de voar. Então, nós ficamos tipo ‘Ok, eles entendem e pode fazer isso.’ Então, o segundo foi Ryan e sua equipe a fazer a completa compreensão dos personagens da Marvel, tanto os heróis quanto os vilões, sejam tão únicos entre todos os outros personagens do mundo que Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko deixaram, eles disseram: ‘Vamos colocar o humano em um super humano. Nossos personagens não serão perfeitos, e não vamos focar neles enquanto estiverem trajados. Vamos explorar completamente quem eles estão sem o traje.'”

Segundo Rosemann, a Camouflaj entendeu rapidamente como priorizar os elementos humanos do Homem de Ferro para essa experiência de realidade virtual.

“Eles entenderam completamente a idéia de que, muitas vezes, Tony é o maior desafiante ou maior inimigo às vezes pode ser ele mesmo, pois ele tem grandes planos e está tentando fazer muito, e ele quer salvar o mundo, ele quer basicamente construir armaduras o mundo, e às vezes isso o alcança ele. Sem mencionar seu passado”, explica Rosemann. “Seu verdadeiro arco heróico se realiza quando ele percebe que, ao criar armas, ele estava prejudicando o mundo com sua criatividade e, em vez disso, ele se transformaria em uma arma que protegeria as pessoas. Dito isso, ele ainda está arrasado pela culpa por seu passado, com o qual muitas pessoas podem se identificar.”

Payton se mostrou bastante franco com sua dedicação à experiência de jogo, expressando um grande entusiasmo pelas reações à demo do Iron Man VR , mas também revelando que Camouflaj ouviu críticas e editou algumas mecânicas para satisfazer os jogadores.

“Especificamente para o Iron Man VR da Marvel, tratava-se de colocar os jogadores no lugar de Tony Stark, vendo seu corpo inteiro realizado e colocando-o em situações que ajudavam Tony a confrontar seu passado, mas de uma maneira que aproveitasse as forças únicas e imersivas de narrativa da realidade virtual “, Explica Payton.” O que quero dizer com isso é que, como você sabe porque jogou a demo, ver outros personagens de perto e pessoalmente em VR é realmente, realmente mágico. Então, o que queríamos fazer é não fazer uma história realmente ampla que aborda todos os tipos de temas diferentes e tenha dezenas e dezenas de vilões aparecendo e entrando e saindo. Queríamos colocar os jogadores na frente dos personagens clássicos da Marvel e fazer com que eles conhecessem você e realmente os conhecesse, e assisti-los transformar à medida que o jogo avança. “

De acordo com a sinopse divulgada pela Marvel, anos após se aposentar do seu papel como fabricante de armas, Tony Stark agora veste seu traje para lutar contra Ghost e Living Laser, que uniram seus poderes em busca de acabar com Stark e suas indústrias de uma vez por todas.

Marvel’s Iron Man VR tem lançamento marcado para o dia 3 de junho exclusivamente para Playstation 4.

Fonte: CB

Veja também: