Publicidade
CONFIRA

Ministério Público solicitou que o governo cancele contratos com a Starlink, empresa de Elon Musk

As proporções aumentam
Gostou? Compartilhe!
Elon Musk
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

Após dias de incerteza sobre o futuro do X/Twitter no Brasil, o Ministério Público de Contas solicitou ao Tribunal de Contas da União (TCU) o cancelamento de todos os contratos federais entre o país e a empresa Starlink, de Elon Musk. A notícia foi inicialmente divulgada pelo site Metrópoles, após a CNN informar que os órgãos iriam solicitar a suspensão.

O documento redigido pelo subprocuradorgeral (TCU), Lucas Furtado, menciona que o proprietário da Starlink está envolvido em ações que desafiam a soberania brasileira e as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo ele, caso os contratos sejam confirmados, o TCU deve ordenar sua imediata extinção devido à violação da soberania nacional por Elon Musk.

O autor do pedido continua sugerindo que a rede social X, recentemente centro de controvérsias após declarações de Musk sobre o ministro Alexandre de Moraes, seja suspensa no território brasileiro. Ele expressa que seria relevante o TCU considerar a possibilidade de proibir a atuação dessa rede social no país, visto que seus usuários a utilizam como meio de ataque à democracia brasileira.

Continua depois da Publicidade

A título de curiosidade, a Starlink é uma empresa que visa fornecer acesso à internet por meio de uma constelação de satélites de baixa órbita terrestre. Seu objetivo é oferecer internet de alta velocidade e baixa latência em áreas remotas ou mal atendidas pelo serviço tradicional de internet. A empresa busca revolucionar a conectividade global, tornando a internet acessível em todo o mundo.

CONTEÚDO RELACIONADO