Publicidade
ENTENDA

O FBI confirmou que hackers chineses comprometeram os sistemas de água e energia.

Uma situação preocupante
Gostou? Compartilhe!
Hacker
Hacker (Foto: Divulgação)
Publicidade

Christopher Wray, diretor do FBI, declara que hackers chineses conseguiram infiltrar-se nos sistemas críticos da infraestrutura dos Estados Unidos, aguardando uma oportunidade para atacar serviços como água e energia. Durante o Vanderbilt Summit on Modern Conflict and Emerging Threats, Wray identifica o grupo responsável como “Volt Typhoon“, cujo objetivo inclui não apenas o controle de água e energia, mas também o direcionamento às telecomunicações americanas.

O FBI registrou acessos dos hackers da Volt Typhoon a 23 operadoras de gás, alertando para a preparação chinesa de um ataque aos sistemas. Wray ressalta que a China poderia agir a qualquer momento, desenvolvendo capacidades de danificar a infraestrutura essencial dos EUA. Para Wray, o plano chinês é provocar pânico na população, mas o motivo por trás disso e sua relação com a defesa de Taiwan permanecem incertos. O objetivo é atingir a infraestrutura civil para induzir o medo.

Hackers chineses roubam design de chips de empresa de semicondutores da Holanda
Foto: Divulgação/NXP

Um ataque cibernético é uma ação maliciosa realizada por indivíduos ou grupos que visam comprometer sistemas de computadores, redes ou dispositivos eletrônicos. Esses ataques podem ter uma variedade de objetivos, incluindo roubo de informações confidenciais, interrupção de serviços, danos à infraestrutura, extorsão financeira, espionagem, entre outros.

Continua depois da Publicidade

Existem diversas formas de ataques cibernéticos, que podem ser realizados por meio de vírus, malware, phishing, ransomware, ataques de negação de serviço (DDoS), entre outros métodos. Esses ataques podem ser direcionados a indivíduos, empresas, organizações governamentais e até mesmo países inteiros.

Os motivos por trás dos ataques cibernéticos podem variar, desde ganhos financeiros até motivações políticas, espionagem industrial, sabotagem ou até mesmo simplesmente o desejo de causar danos e perturbações. A crescente dependência da sociedade moderna em tecnologia digital torna os sistemas e redes vulneráveis a esse tipo de ameaça, tornando a segurança cibernética uma preocupação cada vez mais relevante.

CONTEÚDO RELACIONADO