Polícia do Reino Unido critica jogadores de Pokémon Go que desrespeitam Lockdown

Publicado em 15/1/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A polícia do Reino Unido está tendo dificuldades de lidar com os jogadores de Pokémon GO, durante o delicado período que o COVID-19 assola o mundo, segundo o site Southend Standart.

O motivo do alvoroço se dá pelo fato de que, mesmo o país adotando medidas de Lockdown, jogadores do game desenvolvido pela Niantic, insistem em sair de suas casas para capturar pokémons.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vendo a situação fugir de seu controle, a polícia de Rochford utilizou as redes sociais para “dar uma bronca” nas pessoas que não respeitavam as medidas adotadas pelo país. Horas depois acabaram apagando a publicação.

“Nossa equipe teve motivos para falar com vários homens diferentes, com mais de 30 anos na última semana, que pareciam achar que é aceitável frequentar certos lugares públicos dentro do distrito para caçar Pokémon.

Honestamente, sim, você leu corretamente”, afirma a nota da polícia local.

Horas depois, como aponta a mídia internacional, os residentes locais alegaram que estavam utilizando o app para fazerem exercícios, o que de certa forma é permitido no país.

A situação leva a compreensão dos dados que foram emitidos pelo Superdata na última semana, no qual apontou um superfaturamento da Niantic, avaliado em RS$ 1,92 bilhão de dólares em 2020, mesmo com o problema da pandemia.

Via: Marc Deschamps/ComicBook

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio