Publicidade
VEJA

Resident Evil terá um filme de alto orçamento lançado nos cinemas, de acordo com um site

Mais um título para a franquia do cineasta Paul W. S. Anderson
Gostou? Compartilhe!
Resident Evil Filme
Imagem: Divulgação
Publicidade

Resident Evil é uma das franquias de maior sucesso na história dos videogames, com mais de 154 milhões de cópias vendidas desde o lançamento do primeiro título em 1996 para o PlayStation 1. Nos cinemas, apesar de algumas produções terem sido criticadas pela crítica especializada, a série de filmes estrelada por Milla Jovovich sempre foi lucrativa. Os seis filmes produzidos por Paul W.S. Anderson tiveram um orçamento total de menos de US$ 300 milhões e renderam mais de US$ 1,2 bilhão em bilheteria.

No entanto, o reboot Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City, lançado em novembro de 2021 em um período ainda fortemente afetado pela pandemia, arrecadou apenas US$ 42 milhões para um orçamento de US$ 25 milhões. Para efeito de comparação, Resident Evil 6: O Capítulo Final teve um orçamento de US$ 40 milhões e faturou US$ 312 milhões. Apesar disso, o site InsiderFandom recentemente publicou uma reportagem afirmando que a Sony Pictures e o estúdio Screen Gems estão planejando produzir um novo filme de Resident Evil, com um orçamento consideravelmente maior que o filme mais recente.

Segundo o site, o novo filme terá um orçamento similar ao de Resident Evil 4: Recomeço, ou seja, de US$ 60 milhões. Vale lembrar que o quarto filme protagonizado por Milla Jovovich foi o primeiro da franquia a ultrapassar a marca de US$ 300 milhões em bilheteria, e só seria superado por Resident Evil 6: O Capítulo Final.

Continua depois da Publicidade

Isso indica um investimento muito maior do que o feito para Bem-Vindo a Raccoon City, o primeiro filme da história de Resident Evil a não ultrapassar a marca de US$ 100 milhões em arrecadação. No entanto, é importante ressaltar que “Raccoon City” também foi o filme com o menor orçamento da franquia, teve menos divulgação e foi lançado em um período fortemente afetado pela pandemia de Covid-19, o que contribui para explicar, em parte, as receitas decepcionantes.

O InsiderFandom destaca que a Sony Pictures ainda está tentando garantir o orçamento considerado apropriado para o filme antes de oficialmente comprometer-se com a distribuição e marketing de um novo filme de Resident Evil.

CONTEÚDO RELACIONADO