Publicidade

Surge novos RUMORES sobre a nova super placa da NVIDIA, RTX 5090

Gostou? Compartilhe!
Publicidade

A NVIDIA pode estar planejando uma significativa redução no design da sua futura GPU GeForce RTX 5090 FE (Founders Edition). A nova placa de vídeo viria equipada com apenas dois slots e duas fans, uma mudança marcante em comparação com a RTX 4090 FE e as versões personalizadas, que ocupam de 3 a 4 slots.

Veja também:

    O leaker “kopite7kimi”, conhecido por suas fontes confiáveis na indústria tech, afirmou no Twitter/X que a próxima grande GPU da NVIDIA adotará um design de cooler de 2 slots. Contudo, essa informação deve ser tratada como um rumor até que a empresa de Jensen Huang faça uma confirmação oficial.

    Rumores adicionais sugerem que a NVIDIA lançará tanto a GeForce RTX 5090 quanto o modelo RTX 5080 em 2024. Mais detalhes sobre essas GPUs são esperados durante a Computex 2024, que ocorre na próxima semana. A NVIDIA já confirmou um keynote para o evento, o que aumenta a expectativa sobre as revelações que serão feitas.

    Recentemente, o mesmo leaker revelou que o PCB da nova placa de vídeo terá um design peculiar, dividido em três partes dentro do hardware: uma main board, uma I/O rigid board e uma dedicada ao slot PCIe. Apenas as duas primeiras serão necessárias para o funcionamento da GPU de arquitetura “Blackwell”.

    Outras informações sobre a NVIDIA GeForce RTX 5090 indicam que ela usará a GPU GB202, contando com 192 streaming multiprocessors. A GPU também terá menos núcleos ativos do que sua capacidade total, similar ao que foi visto na RTX 4090. A memória será GDDR7, ainda sem definição se será fornecida pela Samsung ou SK Hynix.

    Além das GPUs, a NVIDIA e a MediaTek estão desenvolvendo um processador para competir com o Snapdragon X Elite da Qualcomm, que será apresentado na Computex 2024. Esse processador, baseado em Arm e voltado para inteligência artificial, será anunciado como “AI PC” e deve entrar no selo “Copilot+ PC” da Microsoft, utilizando núcleos Cortex A5 Blackhawk e GPU “Blackwell” em um processo de 3 nm da TSMC.

    CONTEÚDO RELACIONADO