fullmetal
Imagem: Divulgação

É comum que vejamos empresas de jogos fazendo parcerias com a indústria de filmes ou séries, afim de desenvolver seu material para novas mídias, porém em vezes específicas somos surpreendidos com matérias por parte delas.

Os animes sempre tiveram um grande espaço na cultura de diversos países, desde os que tratam de super poderes (Boku no Hero ou se for da velha guarda, Yu yu Hakusho), suspense (Death Note) e aqueles que abordam outros diversos temas.

A Square Enix é uma das empresas desenvolvedoras de games mas respeitadas e conhecidas, dado seu trabalho em franquias como: Final Fantasy, Tomb Raider, Kingdom Hearts, Marvel Avengers, e no recente exclusivo do Playstation, Ghost of Tsushima.

No último dia 3 de novembro, pode ser lembrado por alguns pelo filme Meninas Más, porém a data marca o dia em que Edward e Alphonse Elric saíram de casa, afim de recuperarem seus corpos por conta de uma transmutação malsucedida, e foi a Square Enix a responsável por essa jornada.

Em 2001, época que a Enix e Square não se uniram, a primeira fazia um conteúdo polimórfico, no qual publicava mangás, trabalhos relacionados a jogos e outros. Nesse momento, Fullmetal Alchemist em formato de manga já era publicado pela mesma.

Acredite se quiser, porém tudo começou por conta de uma fusão ao estilo Dragon Ball, de ambas empresas somente em 2003. No ano 2000, as empresas estavam em conversas mas o acordo só foi fechado quando a Square havia vendido parte de suas ações para a Sony, e teve uma supervalorização em seu saldo, devido a Final Fantasy X.

Como resultado, todos materiais de ambas editoras agora passavam a serem compartilhados entre si, e Fullmetal, também. A série foi iniciada em 2003, seis meses e dois dias após a fusão de ambas empresas, sendo desenvolvida pela Bones Studios, e mesmo com a fusão sendo recente o estúdio citou o ambas desde o primeiro episódio.

Agora sendo uma, a empresa que criava conteúdos para os mangás e acabara de ganhar uma série, por que não expandir para o mundo dos jogos, setor forte de ambas? No mesmo ano da união, a Enix haveria de lançar Fullmetal Alchemist and the Broken Angel, já nos anos consecutivos, ambas trabalhariam juntas na série de games.

Primeiro episódio da série exibida em 2003 com créditos, já mostrando a união das empresas.
Créditos: Bones

Anos depois uma nova série do manga se iniciava, agora intitulada como Brotherhood. Diferente de seu antecessor, o seriado que tinha o objetivo de ser fiel aos quadrinhos. O anime agora trazia a empresa entre o nome dos produtores.

Square Enix é citada entre os produtores como: スクウェア・エニックス na abertura do seriado.

Por mais que ambas as empresas começaram seus respetivos projetos no passado, hoje elas atuam juntamente. E no caso do material publicado pela Enix, porém tendo créditos a Square, não frusta nenhuma, dado fato que só aumentou o alcance de popularidade delas, já que eram grandes antes mesmo da fusão.

Agora sendo uma empresa mais dedicada a área de jogos, é impressionante ressaltar a trajetória da Square Enix, já que apostou em diversos materiais, mas na saga de FullMetal Alchemist começou pela literatura, passando pela oitava arte (série) para finalmente chegar ao setor dos games.

Leia também: