Publicidade
HBO

The Last of Us: 5 coisas que renderiam um alerta de gatilho no último episódio

Caso você saiba de alguém que está vendo o seriado e tenha um histórico com qualquer um dos temas abaixo, não custa avisar.
Gostou? Compartilhe!
Ellie The Last of Us
Ellie, durante cena do 8º episódio de The Last of Us. (Imagem: Reprodução HBO).
Publicidade

A primeira temporada de The Last of Us na HBO se encaminha para o encerramento de sua primeira e bem-sucedida temporada. Até o momento, a adaptação comandada por Neil Druckmann e Craig Mazin foi muito fiel ao que se viu no jogo, de modo que muito do que foi visto ali pelos fãs não foi uma surpresa, contudo, o público desavisado pode ter se deparado com algumas questões bem tensas no 8º capítulo, . Confira as 4 questões pesadas que mereciam um alerta de gatilho:

1 – Fome

Embora a fome não seja uma questão rara em séries da cultura pop, em The Last of Us isso acabou se misturando com questões que levaram humanos ao seu limite físico e mental. Neste episódio, um grupo de pessoas se concentra em um resort e luta contra um rigoroso inverno que teima em não ir embora.

Cena em que David ora enquanto seu grupo come uma carne que eles não sabem de onde vem. (Imagem: Reprodução HBO).

Em decorrência da crise de suprimentos, mortes começam a acontecer e a organização do local se vê afetada pelas baixas. Insegurança alimentar foi um termo muito abordado durante a pandemia de COVID-19, e com um perfil variado de pessoas assistindo isso, pode ser que isso trouxe lembranças doloridas para alguém em algum lugar.

Continua depois da Publicidade
Personagem com um prato ralo observa David e James chegando no salão com um cervo morto. (Imagem: Reprodução HBO).

2 – Fanatismo Religioso

Só quem já passou por uma opressão religiosa por parte de um parente ou um grupo determinado sabe o quanto pode doer aquele tapa visto no oitavo episódio. O fanatismo religioso pune de maneira variada e intolerante quem pensa diferente do deus apontado, e pelo mundo não faltam exemplos de como isso fere pessoas.

David replica palavras bíblicas após agredir com um tapa garota que acabou de perder seu pai. (Imagem: Reprodução HBO).

Pelo Brasil, o tema frequentemente gera episódios que vão parar nos telejornais, como o caso do traficante que obrigou uma Mãe de Santo quebrar as imagens de seu terreiro, em 2017. Outro caso que repercutiu foi a do pastor da Igreja Universal 27 anos atrás.

Cena onde Mãe de Santo é obrigada a quebrar suas imagens de santo dentro de seu terreiro enquanto é ameaçada por traficante (esq.), e o pastor Sérgio Von Helder, que em 1995 chutou a imagem de Nossa Senhora para demonstrar que se tratava de algo meramente material.