Publicidade
Sério?

Controle da Logitech é atacado por trolls após desaparecimento de submarino

Seguindo as notícias sobre o submarino usando um controle Logitech para navegação, a página da empresa na Amazon agora está vendo sua cota de trolls.
Gostou? Compartilhe!
Logitech G F710
(Imagem: Logitech)
Publicidade

A página da Amazon dos EUA e do Brasil para o controle da Logitech que foi usado no submarino desaparecido foi inundada com críticas de trolls. Nos últimos dias, grande parte dos holofotes foram para o submersível OceanGate e sua tripulação de cinco membros depois que ele perdeu contato enquanto procurava o naufrágio do Titanic.

Também foi revelado que o submarino Titan era pilotado por um antigo controle de videogame Logitech, o que levou alguns a vasculhar a seção de revisão da página da loja Amazon. De acordo com a OceanGate, o Titan custou $ 250.000 para ser montado em seu esforço para explorar o Titanic afundado. Curiosamente, seus controles de navegação foram operados por um Logitech G F710 Wireless Gamepad reaproveitado.

Lançado originalmente em 2010, o controle foi desenvolvido principalmente para jogos de PC e a Logitech continua a vendê-lo até hoje, geralmente alcançando um preço entre US$ 50 e US$ 60 nas lojas (cerca de R$ 300,00 no Brasil). No entanto, em meio às circunstâncias atuais, alguns agora recorreram a trollar a Logitech sobre a história.

Continua depois da Publicidade

A página da loja da Amazon para o controle Logitech G F710 já foi atualizada com análises onde cada uma delas faz referência ao submersível da OceanGate. Além das críticas sarcásticas, a página da loja agora tem até “Ele controlará um submarino?” como uma pergunta do cliente. Curiosamente, a Amazon americana está oferecendo um desconto de 40% no controle, com alguns usuários recebendo até mesmo uma oferta gratuita de 90 dias da Amazon Music.

O Brasil também já tem seus trolls

Obviamente, o hardware de videogame sendo reaproveitado para navegação e outros usos não relacionados a jogos não é incomum. Em 2017, foi revelado que a Marinha dos EUA estava usando controladores do Xbox 360 para controlar os periscópios de seus submarinos com o objetivo de substituir os controles desajeitados e pesados existentes em alguns de seus submersíveis.

Além disso, os militares dos EUA estão incorporando controladores estilo Xbox em pelo menos dois de seus sistemas de armas de próxima geração. Mais recentemente, os militares da Ucrânia foram vistos personalizando o Steam Deck para operar torres remotamente nos esforços de guerra em andamento.

Via: Amazon/Game Rant/The Verge

CONTEÚDO RELACIONADO