EA não acreditava no sucesso de um de seus jogos

Nem sempre um projeto é montado com 100% de confiança por todas as partes envolvidas

Publicado em 4/4/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Existem títulos que as empresas confiam totalmente em seu sucesso absoluto. Claro, o mais esperado é que todo projeto só seja tocado se todos os envolvidos estiverem mirando nos resultados positivos. Contudo, a Eletronic Arts não tinha exatamente essa fé quanto a Josef Fares e seu estúdio Hazelight, que desenvolveu A Way Out. Muito pelo contrário.

Em entrevista para a IGN norte-americana, Fares, desenvolvedor do game, revelou que buscou focar no projeto e acreditar nele. Isso acabou trazendo frutos positivos, algo que se espelhou nas vendas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando eu acredito em algo, nada pode me impedir. Obviamente, ninguém acreditava em [A Way Out] – nem mesmo a EA pensou que fosse vender, mas eles ainda acreditaram em mim. Eu não me importei. Eu estava tipo, ‘Isso vai acontecer.’ Agora, vendemos quase 3,5 milhões de unidades desse jogo.” disse Fares.

Fares ainda ressaltou detalhes sobre a equipe, que mesmo contando com um pequeno time de desenvolvedores, conseguiu emplacar um sucesso no qual atingiu cerca de sete milhões de jogadores.

Esses números para um time pequeno de 30, 35 pessoas são uma loucura, sabe? E com 3,5 milhões de unidades vendidas, isso significa que, não sei, quase sete milhões de pessoas jogaram este jogo, o que é uma loucura.” disse Fares.

A Way Out esta disponível para PC, PS4 e Xbox One.

Via: Joe Skrebels/IGN

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio