Resident Evil Village | Holandês acusa Capcom de copiar monstro

Diretor do filme Frankenstein's Army disse que Capcom usou de abuso criativo ao copiar cena em Resident Evil Village.

Publicado em 11/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vira e mexe um lançamento é acusado de alguma coisa, principalmente de plágio. E a dona de Resident Evil é uma que não escapa a esta regra. A mais recente é de um diretor de cinema que acusou a Capcom de copiar um de seus monstros para uma luta contra o chefe de Resident Evil Village. O diretor holandês Richard Raaphorst disse que o chefe de Sturm encontrado no recém-lançado título é uma cópia “um para um” de um monstro que ele criou para seu filme de terror de 2013, Frankenstein’s Army.

Com SPOILERS de RE Village

O longa do holandês, O Exército das Trevas (título em português) apresenta um humanóide corpulento com uma hélice no lugar da cabeça. É finalmente derrubado por um grupo de soldados em uma explosão de chamas. Você pode ver a cena no vídeo abaixo. Raaphorst disse que a Capcom em nenhum momento o abordou, e que ele só descobriu sobre a semelhança depois de receber mensagens de fãs no dia 7 de maio, o dia em que Resident Evil Village chegou oficialmente nas prateleiras.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já Resident Evil Village apresenta uma luta de chefe com um monstro chamado Sturm, que é encontrado na fábrica de Heisenberg. Este humanóide igualmente corpulento também tem uma hélice como cabeça e é derrotado em uma explosão de chamas. Você pode ver a luta do chefe no vídeo abaixo. Vale destacar que existe uma semelhança sim entre os personagens, mas… vocês decidem!

O diretor disse em entrevista ao site Eurogamer que é a mesma cena que está em seu longa. “É exatamente a mesma cena do meu filme, exceto que no meu longa você tem que cortar os tubos de combustível. Essa é a única coisa que está faltando. Mas a coisa toda está pegando fogo, e então explode e a forma como ele gira através da câmera – é tudo igual, na verdade. Até os ambientes, toda a paleta de cores. Parece um animatic para o meu filme.”

“No início, fiquei chateado”, disse. “Então me senti orgulhoso. Agora, vejo todas as reações e me sinto chateado novamente e insultado. É tão difícil fazer um ótimo design. É realmente difícil pensar em algo que se comunica como um design legal. Não é apenas que as ideias estão flutuando e você pode pegar. Na verdade, é um trabalho difícil. Então, eles simplesmente pegam e colocam em algum lugar do jogo. É abuso criativo.”

Raaphorst disse à Eurogamer que não espera receber nenhum pagamento de royalties da Capcom porque não possui os direitos do filme. Esses direitos criativos pertencem ao MPI Media Group, a empresa americana de financiamento e distribuição de filmes com a qual Raaphorst fez parceria para fazer o Exército de Frankenstein. Mas ele gostaria de um crédito em Resident Evil Village. Raaphorst disse: “Estou explorando minhas opções.”

Vale sempre destacar, que o diretor dificilmente irá receber algo, pois o seu personagem já é de domínio público, Frankstein. Além disso, não é tão simples como muitos imaginam simplesmente mostrar quadro-a-quadro e dizer copiou. Existem muitas implicações dentro de uma obra, cena e personagem. E o próprio diretor sabe disso.

De qualquer forma, a Capcom não se pronunciou sobre o assunto e nem deverá. Resident Evil Village está disponível através do PS4, Xbox One, PS5, Xbox Series X / S e PC.

Sobre O Exército das Trevas

No fim da Segunda Guerra Mundial, soldados russos que passam pela região da Alemanha oriental encontram acidentalmente um laboratório nazista. Lá, cientistas fazem testes que tem como base as experiências de Dr. Frankestein, eles utilizam restos mortais de seres humanos para criar super soldados nazistas.

Via: IGN/Eurogamer

Siga o Observatório de Games nas redes sociais

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio