Publicidade
PS Plus

7 jogos de PSP que precisam fazer parte do PS Plus Premium

O PSP foi ofuscado por sua concorrência e, infelizmente, levou alguns grandes jogos para o desconhecido.
Gostou? Compartilhe!
Soul Calibur Broken Destiny
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

O PlayStation Portable era um pequeno sistema corajoso. A tentativa da Sony de jogos portáteis visava capturar as mesmas emoções que seus consoles PlayStation principais, e foi bem-sucedida de várias maneiras. Infelizmente, nunca alcançou a mesma popularidade, muitas vezes ofuscada por seus irmãos mais velhos e pelos sistemas portáteis da Nintendo.

Por causa dessa falta mainstream, muitos jogadores perderam títulos de qualidade exclusivos para o PSP. Esses jogos têm uma paixão incrível colocada neles e demonstram um domínio do sistema, seus pontos fortes e fracos. Eles merecem mais reconhecimento do que desfrutaram na época. Para aqueles jogadores que não querem usar emuladores, o PS Plus Premium é uma chance de se atualizar sobre essas preciosidades esquecidas.

7. Daxter

Este roedor malandro sempre serviu de alívio cômico para os jogos Jak & Daxter à medida que se tornavam mais sombrios e intensos. Os fãs às vezes jogavam como ele em seções especiais, mas poucos esperavam que ele tivesse seu próprio spin-off. Menos ainda que fosse tão bom. Daxter é um jogo de plataforma desenvolvido pela Ready at Dawn e publicado pela Sony Computer Entertainment no PlayStation Portable em 14 de março de 2006.

Continua depois da Publicidade

6. Crisis Core: Final Fantasy 7

Crisis Core: Final Fantasy VII é um jogo de RPG eletrônico em tempo real desenvolvido e publicado pela Square Enix exclusivamente para o PlayStation Portable. Esta pode ser a entrada mais relevante, dada a direção de Final Fantasy VII Remake. Mesmo fora do contexto moderno, Crisis Core sempre foi o único ponto positivo da coleção spin-off de FF7. A jogabilidade segue adequadamente a linha entre o combate em tempo real e o baseado em turnos. É quase um precursor da mecânica do remake acima mencionado, e o mesmo vale para o mundo. Locais com renderizações impressionantes serão familiares para os fãs, pois a história de Zack Fair se entrelaça perfeitamente à aventura principal. É aí que o jogo faz mais sucesso.

5. Star Wars: The Force Unleashed

Pode não ter o polimento cinematográfico do PS3 e Xbox 360, mas a versão PSP de The Force Unleashed dá muito mais detalhes à experiência. O combate e a travessia têm uma fluidez não vista nos consoles, e em nenhum lugar isso é mais bem-vindo do que as lutas contra chefes. Em vez de incomodar os jogadores com quebras ou barreiras roteirizadas, essas batalhas são duelos tensos onde qualquer coisa pode ser uma arma. Em suma, é o que os fãs queriam do jogo em primeiro lugar.

4. Soul Calibur: Broken Destiny

SoulCalibur: Broken Destiny é um jogo de luta da série Soul para o PlayStation Portable. Foi anunciado pela Namco Bandai em 28 de abril de 2009. Ele usa muitas das características de SoulCalibur IV, incluindo o seu modo de customização de personagens.

3. Dissidia: Final Fantasy 012

Dissidia 012 Final Fantasy é um jogo de luta de 2011 publicado pela Square Enix para o PlayStation Portable como parte da série Final Fantasy. Foi desenvolvido pelo 1º Departamento de Produção da empresa e lançado no Japão em 3 de março de 2011.

2. Gladiator Begins

Gladiator Begins é um jogo de luta desenvolvido pelo estúdio japonês GOSHOW e publicado no Japão pela Acquire em 14 de janeiro de 2010 e na América do Norte pela Aksys Games em 15 de setembro de 2010. É a prequela do videogame de 2005 Colosseum: Road to Freedom , que foi lançado para o PlayStation 2.

1. LocoRoco 2

LocoRoco 2 é um jogo de plataforma desenvolvido pela Japan Studio e publicado pela Sony Computer Entertainment. É a sequência do LocoRoco de 2006 e foi lançado para o console de jogos portátil PSP em 2008. Uma versão remasterizada foi lançada em 9 de dezembro de 2017 para o PlayStation 4.

Via: Game Rant/Forum PlayStation

CONTEÚDO RELACIONADO