Entenda por que o novo PS Plus não terá um dos principais recursos do Xbox Game Pass

O novo serviço que engloba o PS Now, é positivo em muitas coisas, mas um é contrastante com o do Xbox Game Pass.

Publicado em 30/03/2022 09:49
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de rumores de que a Sony traria para o final deste mês e início de abril várias novidades, ontem mesmo elas já começaram! O “novo” concorrente do Xbox Game Pass do PlayStation já deu as caras. Não foi chamado de Spartacus, mas apenas de “novidades do PS Plus“. Você pode conferir essas novidades, clicando aqui, que deixamos até os valores.

Junto com o anúncio, Jim Ryan, CEO da PlayStation, também confirmou uma diferença do novo serviço com o da Microsoft, explicando porque os maiores jogos first-party da empresa não chegarão ao PS Plus no mesmo dia em que forem lançados, como acontece com o Xbox Game Pass, que é um grande diferencial para os assinantes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Explicações

Em uma entrevista ao GamesIndustry.Biz, Ryan falou sobre o “bom ciclo virtuoso” que o PlayStation está vivendo agora. De acordo com ele, esse ciclo consiste no investimento da Sony em seus estúdios próprios produzindo sucesso, o que permite mais investimento, o que, por sua vez, alimenta mais sucesso. É esse “ciclo virtuoso” que o PlayStation não deve quebrar, disse Ryan. E o que o CEO acredita que quebraria é colocar jogos first-party, como God of War Ragnarok, no primeiro dia de serviço.

“[Em termos de] colocar nossos próprios jogos neste serviço, ou em qualquer um de nossos serviços, após o lançamento deles… E não é um caminho que vamos seguir com este novo serviço. Sentimos que se fizermos isso com os jogos que fazemos no PlayStation Studios, esse ciclo virtuoso será quebrado. O nível de investimento que precisamos fazer em nossos estúdios não seria possível, e achamos que o efeito indireto na qualidade dos jogos que fazemos não seria algo que os jogadores desejam.”

Ryan disse que as coisas podem mudar, observando que não faz muito tempo que a PlayStation começou a portar jogos como Days Gone e Horizon Zero Dawn para PC. “Eu olho para trás quatro anos e acho que ninguém teria visto isso acontecer.”

“Então, não quero colocar nada em pedra neste estágio”, disse Ryan. “Tudo o que estou falando hoje é a abordagem que estamos adotando no curto prazo. A forma como nosso modelo de publicação funciona agora, [colocar novos jogos diretamente no novo PS Plus] não faz sentido. Mas as coisas podem mudar muito rapidamente nesta indústria, como todos sabemos.”

Via: Kotaku/GamesIndustry
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar