Publicidade
Saiba mais

PlayStation revela acidentalmente informações confidenciais de The Last of Us

As informações foram reveladas durante julgamento da Microsoft vs FTC da aquisição da Activision Blizzard.
Gostou? Compartilhe!
The Last of Us
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

Durante a audiência FTC v. Microsoft de ontem (28), os documentos do PlayStation revelaram alguns grandes segredos da empresa. De acordo com o The Verge, um marcador preto Sharpie usado para redigir documentos confidenciais falhou em omitir corretamente certos detalhes, incluindo quanto dinheiro a empresa gastou em determinados jogos.

De acordo com o documento, The Last of Us Part II custou à empresa cerca de US$ 220 milhões para ser feito, com 200 funcionários trabalhando no jogo. Enquanto isso, a empresa gastou US$ 212 milhões no desenvolvimento de Horizon Forbidden West, com 300 funcionários trabalhando no game durante um período de cinco anos.

O custo do desenvolvimento AAA é mantido em sigilo pelos editores, por isso é interessante ver quanto o PlayStation está gastando para fazer esses tipos de jogos. A quantidade de funcionários é outra coisa que tende a ser mantida em segredo, pois os créditos dos funcionários nos títulos tendem a estar longe de serem completos.

Continua depois da Publicidade

Seria interessante ver como os custos de pessoal e desenvolvimento mudaram ao longo dos anos, principalmente quando comparados ao original The Last of Us e Horizon Zero Dawn. Infelizmente, esses dados não estão nos documentos da Sony, e é seguro apostar que a empresa não revelará esse tipo de dados de bom grado. Independentemente disso, é muito interessante ver e deve dar aos jogadores uma boa ideia do que a indústria tende a gastar nos maiores jogos.

The Last of Us se tornou uma das maiores franquias do PlayStation, e a popularidade da adaptação da HBO provavelmente resultou em novatos verificando os dois títulos. No ano passado, The Last of Us Part II vendeu mais de 10 milhões de cópias, então o investimento valeu a pena.

A sequência também formará a base para a segunda temporada da série da HBO, por isso nem sempre é tão simples quanto olhar para gastos versus vendas. Horizon Forbidden West também se saiu bem, vendendo mais de 8 milhões de cópias em abril.

Via: ComicBook/The Verge

CONTEÚDO RELACIONADO