Acusada de minerar criptomoedas, fazenda interditada com 3800 PS4 fazia na verdade trapaças em FIFA Ultimate Team

Discos do jogo podem ser vistos saindo de PS4s, em uma das fotos

Publicado em 19/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma grande fazenda de criptomoedas na Ucrânia, que parecia conter milhares de consoles PlayStation 4, era na verdade uma fazenda de bots FIFA Ultimate Team. O Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) chegou a anunciar que fechou uma fazenda de mineração de criptomoedas que continham 3800 consoles de jogos.

As imagens até mostravam racks de PS4 Slims, porém, eles estavam sendo usados para fazer trapaças em título de futebol. Segundo uma investigação do jornal de negócios ucraniano Delo, que foi provocada pela incerteza em relação à afirmação oficial de que a fazenda era sobre a mineração de criptomoedas, assim como o fato de que os discos do jogo podem ser vistos saindo de PS4s, em uma das fotos, o que procuravam estava em um bot farm que ficou preso no grind do Ultimate Team, com o objetivo de vender contas carregadas com a moeda do jogo no mercado negro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Armazém da Ucrânia (Foto: Divulgação)

A Delo falou ainda que o Serviço de Segurança da Ucrânia se recusou a comentar a revelação, citando o sigilo da investigação. Porém, o que se sugere é que esses Slims do PS4, controlados por PCs rodando bots, criaram o Ultimate Team para lucrar. O jogo é perfeito para este tipo de operação, por conta da sua estrutura, e você pode gastar dinheiro do mundo real em caixas de saque, na esperança de obter cartas de valor alto, mas as chances de conseguir um dos melhores jogadores são bem pequenas.

Você pode também jogar o game por meses em uma aposta para economizar o suficiente da moeda do jogo para gastar em leilões, ou comprar moedas FUT no mercado negro. Resumindo, o cartão Summer Stars de Lionel Messi, com nota 99, custa hoje 1,5 milhões de moedas FUT na casa de leilões PS. Mas vale ressaltar que a EA alerta os jogadores contra a compra ou venda de moedas FUT, dizendo que a atitude pode resultar em banimento.

A SBU disse ainda que encontrou mais de 500 placas de vídeo, 50 processadores, documentação preliminar sobre a contabilidade do consumo de eletricidade, e muitos notebooks, telefones e drives flash no armazém. Poderia ter sido criptomoedas, mas foi bots de Ultimate Team.

Via: Wesley Yin-Poole/Eurogamer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio