Publicidade
Mais que um jogo

Sony está trabalhando em novo sistema para jogadores com deficiência auditiva

Duas patentes recém-publicadas revelam detalhes sobre novos sistemas de acessibilidade em desenvolvimento pela Sony, que visam ajudar jogadores com deficiência auditiva.
Gostou? Compartilhe!
Publicidade

De acordo com duas patentes publicadas recentemente, a Sony está trabalhando em um novo sistema de feedback tátil e sobreposição de acessibilidade que ajudaria a melhorar a imersão no jogo para jogadores com deficiência auditiva. Nos últimos meses, várias novas patentes da Sony revelaram os projetos em desenvolvimento da empresa, proporcionando aos fãs uma visão dos bastidores dos esforços de P&D da Sony.

Uma das maiores empresas globais de tecnologia, a Sony fornece produtos e serviços em uma variedade de mercados eletrônicos e indústrias de entretenimento, desde televisões a fones de ouvido e videogames. A principal linha de consoles PlayStation da empresa passou por uma série de melhorias ao longo dos anos, e a Sony continua trabalhando para melhorar o hardware e software de jogos para seu público.

Duas patentes recentemente publicadas revelam os esforços da Sony para desenvolver software que forneça feedback tátil e sobreposições de acessibilidade para ajudar jogadores com deficiência auditiva. O software visa detectar o “sentimento do usuário”, ou respostas do jogador, e fornecer efeitos suplementares para evocar a resposta pretendida do jogador.

Continua depois da Publicidade

Se uma dica de áudio for utilizada para encorajar um jogador a agir de uma maneira específica, este software detectaria a falta de resposta de uma pessoa com deficiência auditiva e, em vez disso, forneceria um efeito de feedback tátil para evocar a reação adequada e garantir acessibilidade por meio da imersão.

Outras patentes recentes revelaram que a Sony está trabalhando para tornar os jogos mais acessíveis com projetos de hardware e software. No entanto, é fundamental observar que as empresas frequentemente registram patentes que acabam algumas vezes por não serem concretizadas, portanto não há garantia de que o feedback tátil e os recursos de sobreposição de acessibilidade serão disponibilizados aos consumidores.

Via: Sony/Game Rant

CONTEÚDO RELACIONADO