TBT | Conheça a história da Activision Blizzard e suas divisões

Conheça a história dessas duas maiores empresas do mercado de jogos

Publicado em 20/01/2022 13:56
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Activision Blizzard sempre foi uma das empresas mais prestigiadas no mercado de jogos. Com títulos famosos, eles foram lançados durante anos para os principais consoles e PCs. Mas infelizmente, a empresa se viu nos noticiários nos últimos tempos devido a problemas de assédio moral e sexual, toxidade, entre outros assuntos que envergonham uma editora que cria jogos com o intuito de melhorar a sociedade através de suas histórias.

E nesta terça-feira, 18 de janeiro, foi noticiado a sua aquisição pela Microsoft, por um valor de quase 70 bilhões de dólares. Esta é sem dúvida uma das maiores aquisições da história da indústria de jogos e o futuro de suas propriedades a partir desta compra, se tornou uma dúvida para empresas como a Sony, dona do PlayStation, mas uma certeza de sucesso para o Xbox.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Independente dos acontecimentos, a Activision Blizzard é um nome a ser respeitado, principalmente por aqueles que a criaram como uma empresa séria e próspera. E ela nasceu no final da década de 1970, quando o mercado de jogos estava começando a prosperar com o Atari. Mas naquele tempo, ela não tinha o segundo nome, Blizzard. Era apenas a Activision.

Nasce a Activision

L. to R. Bob Whitehead, David Crane, Larry Kaplan e Alan Miller

A Activision foi fundada em 1979 por David Crane e Alan Miller – designers de jogos que se separaram da Atari por questões de direitos do criador – e o executivo de entretenimento Jim Levy. A resposta deles foi criar uma empresa onde os designers seriam uma parte essencial da identidade da marca, com o desenvolvedor líder de um determinado título recebendo crédito na caixa do jogo.

Logo após a formação da empresa, eles se juntaram aos designers da Atari, Larry Kaplan e Bob Whitehead. Como o primeiro desenvolvedor de software terceirizado da indústria de jogos eletrônicos, a Activision imediatamente enfrentou um desafio legal da Atari, que tentou preservar seu monopólio sobre jogos para o sistema Atari VCS. Esse processo foi resolvido em 1982, mas naquela época a Activision já havia se estabelecido como um concorrente próspero em uma indústria em expansão. Jogos como Chopper Command e River Raid ostentavam gráficos vibrantes e jogabilidade fluida, e Pitfall! representou um dos primeiros exemplos do gênero de jogos de plataforma.

O crash da indústria de jogos

Entre 1983 e 1984, a indústria entrou em colapso sob o peso de sua própria superexpansão. A Activision resistiu à tempestade mudando seu foco para o florescente mercado de computadores domésticos, mas a aquisição inoportuna da editora de jogos de aventura baseada em texto Infocom quase condenou a empresa.

Uma reorganização corporativa levou à saída de grande parte do talento criativo da empresa, incluindo o último de seus fundadores, e em 1988 o nome Activision foi abandonado em favor da Mediagenic, quando os executivos tentaram renomear a empresa como desenvolvedora de software multifuncional. A Mediagenic lutou para se manter à tona, mas uma mudança de propriedade e administração em 1990 sinalizou uma reviravolta dramática.

A empresa renomeou-se para Activision em 1992 e passou os anos seguintes construindo os sucessos de seu passado, lançando títulos como Return to Zork (1993), uma aventura gráfica baseada em um jogo clássico da Infocom, e Pitfall: The Mayan Adventure (1994), um jogo de plataforma viciante.

E assim nasceu a Blizzard

A equipe da Silicon & Synapse. Allen Adham está de camisa listrada, à frente, e Mike Morhaime está no canto direito. Frank Pearce está no canto esquerdo. (Foto: Blizzard/Divulgação)

A Blizzard foi fundada em 1991 como Silicon & Synapse por Allen Adham, Michael Morhaime e Frank Pearce, três graduados da UCLA com interesse em jogos eletrônicos. Os primeiros projetos da empresa foram conversões de títulos existentes para uma variedade de sistemas de computadores domésticos, mas logo lançou vários títulos originais, incluindo The Lost Vikings (1992), um jogo de plataforma inteligente, e Rock ‘N’ Roll Racing (1993), um jogo de combate de veículos.

A empresa mudou seu nome para Blizzard Entertainment em 1994, pouco antes de lançar Warcraft: Orcs & Humans, um jogo de estratégia em tempo real (RTS) que se tornou uma das obras definitivas do gênero. A Blizzard seguiu com Warcraft 2: Tides of Darkness (1995), uma expansão graficamente rica do original que oferecia uma série de melhorias na interface e no multiplayer.

O multijogador influenciaria fortemente o sucesso futuro da Blizzard. O RPG de ação Diablo (1996) foi lançado com o Battle.net, um serviço gratuito que permitia aos jogadores participar de jogos multiplayer e conversar online. A base de jogadores da Battlenet se expandiu drasticamente com o lançamento de StarCraft (1998), um jogo RTS vagamente baseado no modelo Warcraft. Embora StarCraft apresentasse uma campanha para um jogador envolvente, sua verdadeira força estava em seu modo multijogador bem equilibrado.

O século XXI e as fusões

Em 2008, a Activision, Inc. fundiu-se com a divisão de jogos do conglomerado de mídia francês Vivendi, a Vivendi Games, uma holding principalmente para Sierra Entertainment e Blizzard Entertainment. A fusão reúne a Activision e a Blizzard com alguns dos maiores jogos de console e PC. A Vivendi era acionista majoritária, com 52% de participação na empresa, e a Blizzard manteve sua autonomia e liderança corporativa na fusão. Outras divisões da Vivendi Games, como a Sierra, deixaram de operar.

Em 2012, a King lança Candy Crush Saga, que se tornou uma das franquias de jogos para celular de maior bilheteria já criadas. Em 25 de julho de 2013, a Activision Blizzard anunciou a compra de 429 milhões de ações da proprietária Vivendi por US$ 5,83 bilhões, tornando-se uma empresa independente, pois a maioria das ações passou a ser de propriedade do público. A Vivendi não era mais a controladora da Activision Blizzard.

Em novembro de 2015, a empresa anunciou a formação da Activision Blizzard Studios, uma divisão de produção cinematográfica que produziria filmes e séries de televisão baseados nas franquias da Activision Blizzard. Em 2016, a empresa de jogos sociais King foi adquirida.

O portfólio da empresa inclui algumas das franquias mais icônicas em todo o entretenimento, desenvolvidas pela Activision, Blizzard Entertainment, King Digital Entertainment e seus estúdios independentes, incluindo Infinity Ward, Sledgehammer Games, Toys for Bob, Treyarch e Vicarious Visions.

Quais jogos foram lançados pelas empresas?

Activision

A Activision é uma desenvolvedora, editora e distribuidora mundial de entretenimento interativo para vários consoles de jogos, plataformas portáteis e PCs, incluindo franquias de sucesso como Call of Duty®, Crash® e SpyroTM.

Blizzard

A Blizzard Entertainment é uma desenvolvedora e editora de software de entretenimento, criando alguns dos jogos mais emblemáticos da indústria, incluindo World of Warcraft®, Overwatch®, Hearthstone®, StarCraft® e Diablo®.

King

A King.com Limited, conhecida como King Digital Entertainment, é a desenvolvedora de jogos para celular por trás da franquia Candy Crush™, bem como de jogos para celular, incluindo Farm Heroes™, Bubble Witch™ e Pet Rescue™.

Divisões

eSports

A Activision Blizzard Esports opera as propriedades de jogos profissionais da Activision Blizzard, incluindo Overwatch League™, Call of Duty League™, Hearthstone® Masters and Grandmasters, World of Warcraft® Mythic Dungeon International e Arena World Championship. Também opera a Tespa™, líder em esports universitários.

Activision Blizzard Media

A Activision Blizzard Media é a porta de entrada das marcas para uma das maiores empresas de jogos multiplataforma do mundo ocidental, com centenas de milhões de jogadores em mais de 190 países. Com mais de 9.500 funcionários, a Activision Blizzard, Inc. é uma empresa da Fortune 500 e uma das mais bem-sucedidas corporações de entretenimento interativo e jogos independentes do mundo. Segundo a Forbes, é considerada uma das 2000 maiores empresas públicas do mundo.

Via: Companies History/Britannica/Forbes/Fortune 500/Activision Blizzard/YouTube
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar