Call of Duty 2021 pode estar num possível “desastre em curso”

Tom Henderson falou que o novo COD deste ano tem motivos suficientes para ser um fracasso

Call of Duty
Publicidade

Em novo relatório online, Tom Henderson deu a entender que Call of Duty 2021 deste ano pode ser um ‘desastre em formação’. Quando se trata de Warzone, Modern Warface e Black Ops War, Tom é uma das melhores fontes que existem.

Segundo ele, o jogo deste ano, ‘Call of Duty: WW2 Vanguard’, está sendo desenvolvido na Sledgehammer Games, desde agosto de 2019. Isso significa que quando for lançado, ele só estará em desenvolvimento há cerca de dois anos.

Ainda de acordo com as informações de Henderson, os problemas não terminam com este jogo novo. Em vez disso, eles vão impactar a ‘zona de guerra’ também. Ele confirmou que os jogadores não receberão um novo mapa temático da Segunda Guerra Mundial este ano, já que o mapa será lançado em abril de 2022.

Continua depois da publicidade

Henderson disse que o mapa será algo mais parecido com a Ilha do Renascimento, e além disso, ele não será desenvolvido pela Sledgehammer Games ou Raven Software.

Agora, se você está se perguntando por qual motivo de Call of Duty: WW2 Vanguard está sendo levado às pressas para o mercado, saiba que não há problemas com o jogo, apenas a Activision está tentando “uma abordagem diferente para a integração este ano, para incentivar ainda mais … compras de jogos e, mais importante, compras de jogos completos”.

Por enquanto, tudo não passa de rumores. Apesar de Henderson ser fonte confiável, nenhum informação é oficial. O que você acha? COD será sucesso ou fracasso neste ano?

Via: Tyler Fischer/Comicbook

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade