EUA: Roubo de carros aumenta, político culpa GTA e propõe proibição do jogo

GTA
Publicidade

Para aqueles que não sabem, o estado de Illinois, nos EUA, tem leis duras sobre a venda de videogames para menores de idade. E agora, o democrata Marcus Evans Jr. defende que a venda de jogos violentos deveria ser proibida para menores de 18 anos.

Ele citou Grand Theft Auto (GTA) como um dos principais alvos na mira de uma nova lei no estado, por conta de um forte aumento no roubo de carro na região, de acordo com o Chicago Times.

O código criminal de Illinois já decretou desde 2012 que é proibido vender jogos violentos a menores de idade, mas Evans quer estender o termo ‘violento’ para algo que inclua ‘danos psicológicos ou abuso de crianças, abuso sexual, abuso de animais, violência doméstica, violência contra mulheres ou roubo de veículos com um condutor ou passageiro dentro do veículo quando o roubo começa’.

Continua depois da publicidade

No ano passado, 1417 carros foram roubados em Chicago, o dobro de 2019, e isso está gerando polêmica e forçando ações das autoridades, como campanhas de sensibilização e ataque aos videogames. Uma das medidas é ‘proibir a venda de alguns destes jogos que promovem as atividades com as quais estamos a sofrer nas nossas comunidades’, disse Evans, ao Chicago Sun Times. Será que a proposta será aprovada?

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade