Desenvolvedor de game cancela projeto para Stadia após ser bloqueado por Google

Terraria
Publicidade

Após ser bloqueado de todas as suas contas do Google, o co-criador do game Terraria, Andrew Spinks, tomou uma atitude drástica. Ele cancelou o desenvolvimento do jogo para o Google Stadia. Spinks deu o ultimato nesta segunda-feira (8), nas redes sociais.

A decisão foi tomada após o mesmo não obter resposta do Google, desde que o YouTube o bloqueou de sua conta, em janeiro. Esse bloqueio também custou a Spinks acesso a aplicativos que ele comprou no Google Stadia, dados apagados que ele armazenava no Google Drive e uma conta do Gmail encerrada, que ele usou por mais de 15 anos.

Spinks tentou chamar a atenção do Google, por volta de 16 de janeiro, mas a empresa ‘não fez nada além de me deixar perplexo’, segundo ele. A conta oficial do jogo também tentou contatar o YouTube, através do Twitter, mas sem resultado. Os fãs notaram, recentemente, que o Terraria obteve uma classificação e uma data de lançamento para o Google Stadia da agência de classificação europeia PEGI, mas a única palavra oficial de que o jofo estava em andamento para a plataforma de streaming veio com o anúncio de cancelamento.

O site Polygon afirma ter entrado em contado com o Google Stadia para se posicionar sobre o assunto, mas até o momento nada foi reportado por parte da divisão gamer da empresa. O episódio se soma a mais uma turbulência no setor, que no começo de fevereiro, anunciou que seu estúdio de desenvolvimento, o Stadia Games and Entertainment, estava fechando, deixando o Stadia como uma plataforma de terceiros. O Stadia foi lançando em 2019, e atualmente conta com 140 jogos disponíveis.

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade