Diretor do Google Stadia sai do cargo, mas usará experiência de PlayStation para focar no setor Cloud

Mudança estratégia do Google, passa a se concentrar em servir como uma plataforma para editores e desenvolvedores de jogos terceirizados.

Google Stadia Jack Buser
Publicidade

Jack Buser, diretor de jogos do Google Stadia, deixou o Stadia para se juntar à equipe de nuvem da empresa. A notícia foi divulgada pelo site ZDnet, que informou que Buser foi promovido a diretor de soluções globais de jogos no Google Cloud e já começou em sua nova função. O movimento de Buser reflete uma mudança na estratégia do Google, que passa a se concentrar em servir como uma plataforma para editores e desenvolvedores de jogos terceirizados, em vez de produzir seus próprios títulos.

“O Google Cloud vê um ímpeto incrível em todos os setores, e os jogos são um dos principais setores em que estamos investindo”, disse um porta-voz do Google Cloud. “A contratação de Jack ilustra o investimento contínuo do Google Cloud em nossa estratégia de jogo global que prioriza o cliente, e seus cinco anos no Google ajudará a abrir portas para parcerias estratégicas mais amplas com clientes no YouTube, Stadia e muito mais”, disse o vice-presidente de soluções da indústria, Lori Mitchell-Keller em um comunicado.

“Jack traz 20 anos de experiência na indústria, bem como uma combinação única de negócios e conhecimento técnico para expandir ainda mais nossa capacidade de atender aos clientes de jogos.” Apesar de uma série de saídas de alto nível, o Google afirma que o Stadia está “vivo e bem”, dizendo que está a caminho de cumprir sua meta de 100 jogos lançados na plataforma em 2021. Em uma tentativa de atrair mais desenvolvedores terceirizados, o Stadia mudou recentemente sua política para oferecer uma divisão de receita de 85/15 para vendas de jogos de até US $ 3 milhões.

Continua depois da publicidade

O Google anunciou recentemente uma série de novos esquemas projetados para encorajar mais desenvolvedores a sua plataforma de streaming baseada em nuvem. Como relatado na época, vários desses planos – como uma parte da receita do serviço de assinatura Pro do Stadia e pagamentos para converter clientes do Stadia em assinantes do Pro – parecem direcionados diretamente para aumentar sua oferta de assinaturas pagas. Agora resta aguardar e ver o quanto será significativo o nome de Buser.

Para aqueles que desconhecem, Buser é mais do que respeitado no universo de tecnologia gamer, já que ocupou vários cargos executivos na PlayStation, incluindo PlayStation Now, PlayStation Plus e PlayStation Home.

Via: Eurogamer/MCV UK

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade