Primeira loja de varejo do Google abre esta semana

Stadia, Pixel, Nest, Fitbit e acessórios de terceiros estarão à venda na primeira loja de varejo do Google.

Google Store Nova York
Publicidade

Depois de anos de experimentos pop-up, o Google está finalmente mergulhando no mundo do varejo físico com sua primeira loja, localizada embaixo de seus escritórios no bairro de Chelsea, na cidade de Nova York. Ele apresentará principalmente os próprios produtos de hardware do Google, incluindo Pixel phones, dispositivos Nest smarthome, Fitbits e diversos outros. Haverá também uma seleção de acessórios de terceiros e brindes da marca Google, como chapéus ou camisetas.

O Google a caracteriza como sua “primeira” loja, mas não comentou se existirão outras lojas no futuro. Provavelmente, sim, mas não é certo. O espaço de varejo é uma maneira relativamente pequena do Google entrar no reino das lojas físicas, ainda mais por não estar fazendo algo tão grandioso como faz a Apple Stores. Além disso, ela vai na contramão de outra gigante, a Microsoft, que fechou todas as suas lojas de varejo em julho passado em meio à pandemia.

A Google Store foi projetada mais como um showroom (ou uma experiência de ativação de marca) do que um espaço de varejo destinado a movimentar muitos produtos. Existem banquinhos e cadeiras espalhados por todo o espaço principal, bem como salas que o Google chama de “caixas de areia” com experiências específicas de produtos. Em uma sala, os clientes farão uma pequena dramatização de uso de um hub Nest para atender a porta para um entregador, que está completo, com parte tátil no sofá para simular uma batida na porta. A sala dos smartphones Pixel exibirá seu recurso de fotografia em pouca luz.

Continua depois da publicidade

A estética da Google Store é uma espécie de Apple Store menos anti-séptica e mais caseira. É preenchido com muita luz, mas também com muitos tons quentes de madeira. O Google enfatizou como trabalhou com um artista local para projetar os móveis de cortiça e madeira. Também se orgulha do fato de ter recebido uma classificação de platina de Leeds por seu design ambiental. Grande parte dos móveis e pisos são feitos de materiais reciclados, por exemplo.

Stadia ficou “lá fora”

Continuando com a sua apresentação, do lado de fora da loja, há caixas de diorama com vários produtos do Google. Há uma sala Stadia para jogos, outra sala destinada a mostrar os produtos de sala de estar do Google e assim por diante. O Google também construiu uma cabine de vidro circular que irá preencher com exibições mostrando suas tecnologias – começando com o Google Translate.

Esta será a primeira vez que o Stadia e seu hardware serão vendidos em uma loja presencial. Um dos benefícios do Stadia é que você não precisa comprar nada para experimentá-lo, já que o controle do Stadia é totalmente opcional e o serviço oferece jogos totalmente gratuitos. Dito isso, o Stadia Controller – também disponível no pacote Stadia Premiere Edition com um Chromecast Ultra – oferece latência reduzida e um controle de videogame genuinamente excelente.

No entanto, desde o lançamento do serviço em novembro de 2019, não há como comprar um Stadia Controller ou Premiere Edition de uma loja de varejo. O mais próximo que chegamos é a Best Buy oferecendo a Stadia Premiere Edition, mas apenas por meio de sua loja na web.

O Google disse que vai oferecer reparos no local para telefones Pixel e suporte de produto para todos os seus dispositivos de hardware. Também oferecerá algum suporte de software – embora apenas para seus produtos de consumo, não para usuários corporativos.

Via: The Verge/Google

Siga nossas redes:

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade