Facebook pede desculpas pela indisponibilidade dos jogos e aplicativos da Oculus

"Eu sei o quanto você confia em nossos serviços para ficar conectado com as pessoas de quem gosta"

Publicado em 06/10/2021 12:05
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a queda dos serviços relacionados ao Facebook, na última segunda-feira (4), o CEO Mark Zuckerberg pediu desculpas pelo longo tempo de inatividade que atingiu jogos e aplicativos da Oculus. Jogos que usam o Facebook como método de login, como o Pokémon Go, também foram atingidos.

“Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos”, disse Oculus, no Twitter. “Estamos trabalhando para fazer as coisas voltarem ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”, disse ainda, durante a queda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Oculus, assim como o Facebook, Instagram, Messenger e WhatsApp, ficaram indisponíveis por cerca de seis horas. Relatórios da sede do Facebook informaram que os funcionários ficaram incapazes de acessar os sistemas de segurança interna e e-mail. “Desculpe pela interrupção de hoje”, disse Zuckerberg no Facebook, quando os serviços começaram a retornar. “Eu sei o quanto você confia em nossos serviços para ficar conectado com as pessoas de quem gosta.”

Apesar dos rumores de que algum tipo de tentativa massiva de DDOS tenha sido o motivo do problema, todos os sinais apontavam para uma atualização de rotina no Facebook acidentalmente saindo do controle. “O Facebook (acidentalmente, presumimos) enviou uma atualização para um protocolo de roteamento de nível profundo na internet que dizia, basicamente, ‘ei, não temos mais servidores xoxo’”, falou Alex Hern, do The Guardian. “Normalmente, isso seria muito fácil de corrigir … mas o Facebook executa tudo através do Facebook”, disse ainda.

“Então, quando seus servidores foram inicializados da Internet, ele também inicializou a capacidade de enviar essa mensagem de acompanhamento. E a capacidade de fazer login no sistema que enviaria a mensagem de acompanhamento. E a possibilidade de usar a fechadura do smartcard na porta da frente do prédio que contém os servidores que controlam o sistema que envia a mensagem de acompanhamento”, completou.

“E o serviço de mensagens que você usa para entrar em contato com o chefe de segurança física para dizer a eles que eles precisam ir direto para o data center no leste com uma chave física para anular a fechadura da porta do smartcard na porta da frente”, finalizou, em discussão de tópico no Twitter.

Via: Tom Phillips/Eurogamer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar