Governo dos EUA formou uma força-tarefa de OVNIs

O governo dos Estados Unidos anunciou recentemente a formação de uma força-tarefa oficial de OVNIs, dedicada à detecção e identificação destes objetos.

Publicado em 29/11/2021 13:52
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Objetos voadores não identificados, ou OVNIs, têm sido uma parte proeminente da cultura popular em todo o mundo por décadas. A terminologia usada para qualquer aeronave que o governo local não consegue identificar com precisão tem sido frequentemente correlacionada com alienígenas e projetos secretos do governo. Vale destacar que esses Objetos Não Identificados, como o nome diz é qualquer um, portanto até mesmo uma aeronave.

O forte fascínio pelo assunto é fortemente colocado em diversas mídias, desde documentários clássicos como Alienígenas do Passado, Inexplicável (com o eterno Capitão Kirk William Shatner e a versão Latina com John Leguizamo) e até mesmo Grandes Mistérios da História com Laurence Fishburne do History. E o que dizer dos filmes que tratam do assunto que são mais de centenas e atualmente na indústria de jogos?

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Querendo ou não, os OVNIs ou UFOs na sigla dos EUA, são parte de nossos mitos por séculos e está enraizada na cultura pop. Pode-se afirmar que o grande boom começou com o Caso Roswell, local onde “dizem ter caído uma nave alienígena”. De lá para cá, o universo do entretenimento tem trabalhado o assunto de diversas maneiras, das mais positivas com séries como Star Trek as pessimistas com A Guerra dos Mundos de 1953 e outra adaptação de 2005 de Steven Spielberg com Tom Cruise no papel principal. O interessante deste filme é que ele é baseado em uma obra de Herbert George Wells, conhecido como H. G. Wells de 1897!

E se acha que os EUA é o único país a receber visitas desses seres de outros mundos, o Brasil também possui suas histórias com a chamada Noite Oficial dos OVNIs, que refere-se à noite do dia 19 de maio de 1986, quando foram registrados diversos objetos voadores não identificados no espaço aéreo do Brasil. Outro caso emblemático é o Incidente de Varginha ou Incidente em Varginha, como ficou conhecido pela imprensa brasileira, foi uma possível série de aparições de Objetos Voadores Não Identificados, que inclui uma suposta captura de seres extraterrestres inteligentes (pelo menos um deles ainda vivo) pelas autoridades militares brasileiras em 20 de janeiro de 1996, no município de Varginha, sul do estado de Minas Gerais, município conhecido como centro desta região produtora de café.

Com isso tudo não é de se estranhar que os EUA, assim como outras nações não fiquem pelo menos com a “pulga atrás da orelha”. Sendo assim, o Tio Sam confirmou que recentemente formou uma força-tarefa oficial dedicada ao estudo e identificação de OVNIs. Esta é mais uma das confirmações, como a Força e o Comando Espacial que o país também acaba de montar.

De olhos nos ET´s

O Grupo de Identificação e Sincronização de Gerenciamento de Objetos Aerotransportados, (Airborne Object Identification and Management Synchronization Group, AOIMSG), é uma agência governamental oficial dedicada aos OVNIs. O comunicado expressa a intenção do grupo de “sincronizar os esforços em todo o governo dos EUA” para detectar e identificar objetos voadores não identificados. O AOIMSG será projetado para identificar e avaliar qualquer ameaça potencial representada pelos OVNIs à segurança nacional, bem como abordar os desafios com a identificação de objetos próximos aos campos de treinamento oficiais.

Se está pensando que isso lembra e muito versões de jogos, pois bem, é porque parece, mas a criação do grupo e real. Jogos como Halo, Starcraft, Metroid, Destroy All Humans! e tantos outros falam a respeito de invasões, alianças intergalácticas e outros conceitos famosos da cultura pop sobre o assunto. Suas narrativas sempre mostram a criação de Forças Tarefas para a preservação da “humanidade” contra a invasão desses seres. Ou existem aqueles em que o grande perigo é realmente a espécie humana.

Pelo menos esperamos que os militares dos EUA façam o esforço para não cometerem os mesmos erros que acontecem em alguns títulos de jogos onde eles praticamente extinguiram a raça humana e todo o planeta.

Via: New York Post
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar