Por que as companhias aéreas estão surtando com o 5G?

Empresas aéreas nos EUA estão preocupadas com os perigos da tecnologia 5G, e empresas da Europa até cancelaram voos para o país.

Publicado em 25/01/2022 13:08
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para alguns voar é uma das melhores sensações que existem, mas para outros um grande tédio. Principalmente quando tem que aguardar no saguão pelo seu voo. Sendo assim, uma das melhores garantias para se passar esse tempo, é jogando alguma coisa com seus dados. E se a velocidade de dados for maior, melhor ainda, principalmente com a chegada do tão aguardado 5G.

Mas, as coisas não são tão boas assim, principalmente com as próprias empresas aéreas. A Verizon e a AT&T desaceleraram a implantação do 5G perto de aeroportos, pois os sindicatos das companhias aéreas alertam que o 5G pode bloquear componentes críticos de segurança do avião. Embora alguns voos tenham sido cancelados, especialistas dizem que a crise não se desenrolou e está longe de aterrar frotas inteiras. Aqui está uma explicação completa do que aconteceu e por que aconteceu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sonho ao pesadelo do 5G

Tudo começou anos atrás, quando as empresas 5G anunciaram que estavam instalando equipamentos C-Bands para 5G. O aviso inicial deveria ter dado às companhias aéreas, à Administração Federal de Aviação e às empresas 5G bastante tempo para conversar sobre as coisas, mas não deu. Em vez disso, apenas algumas semanas antes do 5G estar prestes a ser instalado em todo os EUA, as companhias aéreas começaram a alertar que o 5G poderia bloquear altímetros de rádio, um componente crítico de voo de segurança das aeronaves.

A Airlines for America (A4A), o maior sindicato de companhias aéreas, informou que as redes 5G nos EUA podem interferir nas operações básicas de voo. Os altímetros de rádio são usados para medir a distância da aeronave ao solo. Eles são usados para pousos, avisos de terreno, voos com baixa visibilidade e são vitais para operações de voo autônomo.

A FAA vem analisando aeronave por aeronave e eliminando aquelas que dizem poder voar com segurança. A principal preocupação, o que não aconteceu, era que todo o setor aéreo fosse forçado a parar de voar. Muitos duvidam que o 5G-jamming afirma, dizendo que o 5G foi implantado em todo o mundo sem problemas. No entanto, as redes 5G nos EUA não funcionam como em outros países.

A exceção de rede 5G dos EUA

A Europa e outros países lançaram o 5G sem nenhum problema. Mas as redes que eles usam são diferentes das usadas nos EUA. A FAA explica que existem muitos detalhes técnicos que compensam essa diferença. Principalmente sobre frequência e poder de frequência. Na Europa, o 5G funciona na faixa de 3,4 a 3,8 GHz. Nos EUA, funciona em 3,7 a 3,98 GHz. Isso está perigosamente próximo dos 4,2 e 4,4 GHz que os aviões domésticos e internacionais usam para seus altímetros de rádio. As torres 5G nos EUA também têm uma força de sinal mais poderosa.

Em outros países, como a França, as antenas 5G próximas aos aeroportos funcionam com metade da potência. Outros países restringiram a instalação de 5G perto de aeroportos ou alteraram o ângulo de inclinação da antena. A abordagem torre por torre ou aeroporto por aeroporto é cara. As empresas 5G contestam as reivindicações da FAA sobre esse assunto. Aviões internacionais de países da Europa onde o 5G está funcionando cancelaram voos para os EUA nos últimos dias devido a preocupações.

Na época, o lançamento perto dos aeroportos foi adiado. A FAA, 5G e o setor aéreo estão realizando reuniões para encontrar um caminho a seguir. A última carta da A4A pede que o 5G seja implementado em todos os lugares, exceto a duas milhas das pistas dos aeroportos. Fazer alterações em centenas de milhares de aeronaves, incluindo aquelas que voam de outros países, apenas para se adaptar à forma como a rede 5G funciona nos EUA custaria bilhões de dólares. A solução mais provável é que as redes 5G do país adaptem seus equipamentos para evitar possíveis interferências de aeronaves próximas aos aeroportos.

Via: Screen Rant/FAA/A4A
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar