Co-fundador do XboxEra afirmou que Sony desistiu de projeto de Kojima

Co-fundador do XboxEra afirmou que a Sony desistiu de projeto de Kojima antes dele levar para Microsoft.

Publicado em 12/4/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hideo Kojima é considerado por muitos um dos maiores visionários dos jogos. Mais conhecido pela franquia Metal Gear, seus jogos venderam mais de 60 milhões de cópias em todo o mundo e normalmente têm um ótimo desempenho com o público e críticos.

Como resultado, o console no qual seu próximo projeto estará disponível é um tópico quente agora, com muitos acreditando que a Microsoft está na pole position para publicar o próximo jogo de Kojima para seus consoles Xbox.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Essa especulação foi amplamente gerada por comentários recentes feitos pelo jornalista da VentureBeat, Jeff Grubb, e pelo vice-presidente executivo de jogos e chefe do Xbox, Phil Spencer. Embora um jogo de Hideo Kojima no Xbox seja certamente uma possibilidade, agora parece que uma parceria com a empresa americana pode não ter sido a primeira escolha do Kojima, pelo menos se o co-fundador do XboxEra, Nick Baker, for acreditado, de qualquer maneira.

O X da questão

Ao falar sobre a edição mais recente do podcast XboxEra, Baker, que usa o identificador do Twitter como @Shpeshal_Ed, revelou que sabia que o próximo título de Kojima não chegaria ao PS5 desde junho do ano passado. À medida que a discussão progredia, ele falou mais sobre isso, afirmando que tinha a impressão de que Kojima havia levado o projeto primeiro para a Sony, mas acabou sendo rejeitado pela empresa japonesa.

Mais tarde, ele menciona que Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment, pode ter negado o acordo, esclarecendo que Ryan provavelmente não era quem tinha a palavra final sobre o assunto.

Se isso é verdade ou não, é difícil dizer e, devido à natureza delicada dos negócios de publicação no universo de games, isto provavelmente nunca será confirmado oficialmente. No entanto, estaria de acordo com alguns dos outros rumores que surgiram nos últimos meses, como Kojima apresentando o projeto para o Google para a plataforma Stadia da empresa antes de entrar em discussões com a Microsoft.

Este último também se alinha com as sugestões de que a Microsoft pode ter como alvo os desenvolvedores de jogos japoneses influentes com o objetivo de aumentar sua presença no leste.

Por que exatamente a Sony recusaria a oportunidade de publicar outro jogo de Kojima não está claro, embora muitos provavelmente especulem que tem algo a ver com o desempenho comercial de Death Stranding. Apesar do lançamento bem-sucedido do jogo para PC, a versão PS4 do jogo não conseguiu ter os números necessários que a empresa queria quando foi lançado no final de 2019.

Estreou no sétimo lugar na lista do NPD Group dos 20 jogos mais vendidos em novembro antes de cair completamente fora das paradas no mês seguinte, espalhando rumores de que a Sony estava insatisfeita com as vendas do Death Stranding.

Via: VentureBeat/Game Rant/XboxEra

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio