Ex-presidente da SEGA afirma que Xbox se baseou no legado de um dos últimos consoles da empresa

Como parte de um painel discutindo a história do Xbox, ex-presidente da Sega discute como o Xbox se baseou no legado de um dos últimos consoles da empresa.

Publicado em 25/11/2021 11:49
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Este ano marca o 20º aniversário do Xbox como editora de videogames. Embora o Xbox seja comparativamente mais jovem do que outros editores, como Nintendo e Sony, o Xbox tem uma história bastante histórica em termos de presença e influência na comunidade de jogos, a ponto de um ex-presidente da Sega creditar o Xbox por dar continuidade à visão da empresa muito tempo depois que o estúdio parou de fabricar hardware.

A maioria dos membros da comunidade de jogos tende a associar a Sega a franquias como Sonic the Hedgehog, Bayonetta e Yakuza, mas em meados dos anos 1980, o estúdio havia fabricado vários consoles de videogame de sucesso, como o Master System, Sega Genesis ou Mega Drive, como ficou conhecido no Brasil. E algum tempo depois, a empresa trouxe praticamente o seu último console, o Sega Dreamcast. Agora, um ex-presidente da Sega of America afirmou o que muitos já sabiam, mas que a maioria dos fãs do Xbox não admitiam: que o Xbox carrega o manto do Sega Dreamcast.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dream Xbox Cast

Em um evento do painel de celebração do Xbox, que reuniu muitas pessoas da indústria de jogos, Peter Moore, ex-vice-presidente da divisão Interactive Entertainment Business da Microsoft e ex-presidente da Sega of America, discutiu como o bastão foi figurativamente passado do Sega Dreamcast para o Xbox original em termos de jogos online. Moore explicou que programas como o Xbox Live ajudaram a retomar de onde o Dreamcast parou, no sentido de alcançar uma plataforma online para os jogadores jogarem remotamente.

De muitas maneiras, o Dreamcast possuía recursos que estavam muito à frente de seu tempo, mas um recurso que a Sega vinha tentando implementar ativamente em consoles desde antes do Sega Genesis tentar ser multiplayer online. A Sega havia desenvolvido o Sega Meganet, que estava disponível apenas no Japão e mais tarde no Brasil, que permitia aos jogadores se conectarem à internet. O Meganet foi um dos primeiros exemplos de serviços multijogador online, mas obviamente, nunca pegou.

Imagem: Blog Tec Toy

É interessante ver Moore discutir como a Sega e o Xbox eram colaborativos durante aquela era dos jogos. Na época, os consoles Sony e Nintendo ainda pensavam em termos de multijogador local, enquanto o Xbox original foi um dos primeiros consoles de jogos convencionais a apresentar uma plataforma online acessível para os jogadores utilizarem, enquanto consoles como o PS2 tinham títulos muito seletivos que estavam disponíveis para jogar online e a Nintendo não iria lançar um serviço online até o lançamento do Nintendo Wii.

Os jogos certamente percorreram um longo caminho desde aquele ponto da história. Hoje em dia, é difícil para os jogadores imaginarem um console sem recursos online. Sem mencionar o quão longe o Xbox avançou como marca desde os dias do Xbox original. Agora, com o Xbox Series X ainda esgotado, o futuro do Xbox é certamente brilhante.

Via: Xbox/Game Rant/YouTube
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar