Vaza e-mail de CEO da Activision Blizzard sobre aquisição pela Microsoft

Após comunicado de aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, um e-mail do CEO da empresa vaza falando sobre a compra.

Publicado em 19/01/2022 11:19
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A indústria de jogos se tornou um verdadeiro vulcão após o anúncio ontem (18) de que a Microsoft está no processo de compra da Activision Blizzard. Embora os detalhes ainda sejam escassos sobre como a aquisição da fabricante de Call of Duty pelo Xbox funcionará, um e-mail recente do CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, vazou, esclarecendo um pouco sobre seu pensamento, bem como quando o processo de compra pode ser completo.

A Activision Blizzard vem fazendo manchetes há meses devido aos vários processos judiciais centrados em seu ambiente de trabalho. Na esteira desses processos e reclamações contínuas sobre a liderança da empresa, a Microsoft foi uma das empresas que disse recentemente que examinaria seu relacionamento com a Activision Blizzard. Parece que ao examinar esse relacionamento, a empresa decidiu que uma abordagem era compra-la e mudar a liderança.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, após o anúncio, um memorando vazado do atual CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, deixa claro que ele permanecerá no topo por pelo menos um pouco mais. Embora a Microsoft não pareça estar totalmente satisfeita com a liderança do desenvolvedor de Call of Duty, a empresa não terá voz a esse respeito até que a compra seja concluída.

A conta do Twitter de Charlie Intel foi uma das primeiras a postar o e-mail vazado, onde Kotick deixa claro que pode levar até junho de 2023 para que tudo seja finalizado. Kotick citou várias questões regulatórias que precisam ser tratadas antes que a coisa toda possa ser concluída. Ao que tudo indica, nem ele parece saber exatamente quando tudo será feito.

Kotick acrescentou que, até que o acordo seja concluído e a Microsoft assuma oficialmente, ele continuará no topo do gráfico de liderança da Activision Blizzard. No e-mail, ele não deixou claro se sabe ou se ficou claro o que acontecerá com sua posição quando a compra for oficialmente concluída. A Microsoft disse que o chefe do Xbox, Phil Spencer, supervisionará diretamente sua nova aquisição.

Mais recentemente, a Activision Blizzard ganhou as manchetes depois de demitir 37 funcionários e punir outros 44 no que está sendo chamado de reação direta aos processos movidos contra a empresa sobre seu ambiente de trabalho. Não está claro se esse movimento tão próximo do anúncio da aquisição está relacionado.

Comunicado de Phil Spencer

Ontem mesmo, o chefe da Xbox emitiu um comunicado no site oficial da empresa, onde deixou claro que “Até que esta transação seja concluída, a Activision Blizzard e a Microsoft Gaming continuarão operando de forma independente. Assim que o acordo estiver concluído, a Activision Blizzard reportará a mim como CEO da Microsoft Gaming.”

Portanto, o futuro da Activision Blizzard ainda está nas mãos de um dos principais protagonistas – ou antagonistas -, que está na direção da empresa. Vale destacar que a associação de trabalhadores da Blizzard não gostaram de alguns comunicados da Microsoft, como o apoio a Kotick. Mesmo assim, é mais do que sabido que a Microsoft não irá deixar que essa política tóxica que vai contra as declarações recentes de Phil Spencer continuem.

Além disso, internamente a empresa deve estar se movendo para que algo seja feito, pois a partir de agora, é o seu nome que também está em jogo. Clique aqui para conferir as notícias sobre a Activision Blizzard e a aquisição pela Microsoft.

Via: Game Rant/Twitter
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar