Publicidade
Microsoft vs FTC

Xbox surpreende jogadores ao comentar exclusividade de seus jogos

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, fala sobre a exclusividade do console em todas as plataformas, com comentários que podem surpreender alguns jogadores.
Gostou? Compartilhe!
Satya Nadella
(Imagem: Satya Nadella)
Publicidade

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, opinou – e surpreendeu – sobre o debate exclusivo do console, alegando que “adoraria se livrar totalmente dos exclusivos do console”, inclusive do Xbox. Não há dúvida de que houve alguns exclusivos incríveis do Xbox ao longo dos anos, e tanto a Microsoft quanto a Sony colheram muitos benefícios por terem títulos lançados apenas em suas plataformas.

A recente tentativa da Microsoft de avançar com a aquisição da Activision Blizzard por US $ 69 bilhões está esquentando ultimamente, com vários executivos da empresa aparecendo na Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC) para fechar o acordo. A audiência foi fascinante de seguir, com muitos segredos do Xbox sendo expostos durante as tentativas da Microsoft de convencer a FTC a permitir que a aquisição fosse adiante.

Foi até revelado que a Microsoft considerou comprar a Square Enix, Sega e Bungie em um momento para fortalecer a divisão do Xbox. As citações da audiência do Xbox na FTC foram relatadas pelo Video Games Chronicle, com Nadella alegando que “não tem amor” pelo mundo dos exclusivos. Embora ele afirme que exclusividades de console seriam coisa do passado se dependesse dele, ele reconhece que “isso não cabe a mim definir”.

Continua depois da Publicidade

Ele também afirmou que a Sony “definiu a concorrência de mercado usando exclusividades”, o que significa que o Xbox simplesmente não pode interromper a prática no momento. A Microsoft diz que o Xbox perdeu a guerra dos consoles, o que pode explicar porque continuou lançando exclusivos nos últimos anos.

No momento, parece que o argumento dos exclusivos pode ser uma batalha difícil para a Microsoft. Como parte da audiência da FTC, o chefe do PlayStation, Jim Ryan, comentou – também de maneira surpreendente – sobre a exclusividade do Starfield no Xbox, não vendo-o como “anticompetitivo”.

Embora ambos os lados do argumento certamente tenham muito mérito, não há como negar que Starfield está definido para ser um dos maiores lançamentos de 2023.

Sem nenhum sinal de conclusão à vista, será interessante ver como isso se desenrolará nos próximos meses.

Via: Game Rant/Video Games Chronicle

CONTEÚDO RELACIONADO