HACKER XBOX SERIES
Hacker quer U$S pelo resgate. Montagem: reprodução.

O próximo videogame da Microsoft ainda nem estreou, mas já tem a sua primeira e indigesta experiência com invasores. Um hacker roubou o código-fonte gráfico do Xbox Series X e está cobrando por um resgate, que tem negociações iniciadas na ordem de U$S 100 milhões.

De acordo a AMD, empresa responsável por gerar o conteúdo invadido, o hacker entrou em contato em dezembro de 2019, publicou parte do código-fonte gráfico e na sequência, o conteúdo foi apagado. Confira a declaração na íntegra:

Declaração da AMD sobre roubo de IP de gráficos

Na AMD, a segurança dos dados e a proteção de nossa propriedade intelectual são uma prioridade. Em dezembro de 2019, fomos contatados por alguém que alegou ter arquivos de teste relacionados a um subconjunto de nossos produtos gráficos atuais e futuros, alguns dos quais foram publicados recentemente on-line, mas que foram retirados desde então.

Embora estejamos cientes de que o autor possui arquivos adicionais que não foram tornados públicos, acreditamos que o IP de gráficos roubados não é essencial para a competitividade ou segurança de nossos produtos gráficos. Não temos conhecimento do autor que possui qualquer outro IP da AMD.

Estamos trabalhando em estreita colaboração com as autoridades policiais e outros especialistas como parte de uma investigação criminal em andamento.

Para que serve

De acordo com um relatório do TorrentFreak, esses dados roubados foram encontrados em um computador invadido e incluiriam código-fonte para as GPUs Big Navi e Arden da AMD. Há rumores ainda de que este último seja o GPU teraflop do Xbox Series X 12.

Agora, o hacker pede um regaste de U$S 100 milhões (quase meio bilhão de reais na cotação atual). Caso o resgate não ocorra, o invasor promete divulgar na web todo o conteúdo de propriedade industrial.

E embora a AMD tenha afirmado que o conteúdo roubado não seja de grande ameça para a competitividade ou segurança de seus produtos, o hacker parece saber exatamente quanto vale o que tem em mãos. Por enquanto, ainda não há informações no quanto isso pode impactar no lançamento do XBox Series X, previsto para o final ano.