Nyvi Stephan
Imagem: Flavio Florido/BP Filmes

A streamer e apresentadora de e-sports Nivy Stephan usou sua rede social nesta quarta-feira (29) para fazer um balanço sobre o final da sua experiência no Big Brother Brasil 2020 e também sobre os últimos meses de sua vida. Num misto de sensações, a musa gamer refletiu sobre acontecimentos marcantes de sua vida pessoal, profissional, familiar e sentimental, que na sua avaliação foram os “mais intensos da sua vida”. Confira os principais pontos do desabafo:

View this post on Instagram

Sobre como foi trabalhar nessa edição histórica do Big Brother Brasil: arrisco dizer q esses últimos meses foram os + intensos da minha vida.. é normal eu não dividir tudo com vocês, e mtas vcs acabam sabendo, mas o ponto é que aconteceu mta coisa maluca desde q eu “fechei” o ano. Maluco bom e ruim tb.. no final do ano eu tava com mta pressão e mto trabalho, e ainda me divorciei e me mudei. Quando concluí a maioria dos trabalhos do ano, perto do Natal, meu corpo pediu arrego e levou a minha voz embora (ñ sei se vcs lembram das lives usando a voz do google 😂). Mas não foi simples recuperar (ainda tô fazendo fono pra isso, não tá 100%) e nesse turbilhão de mudanças veio um dos convites mais inesperados: ser uma das repórteres do @bbb , que honra! E lá ia eu encarar mais mudanças, mas era uma oportunidade fantástica q eu seria maluca se deixasse pra lá! Mas ainda continuava fazendo a escala Rio – Sp, pelos jobs e pela minha família. Numa dessas a gente passou por uma enchente inacreditável (fiquei ilhada, perdi meu carro..), mas encarei com bom humor, afinal assim a vida fica mais leve, né? Pouco tempo depois eu passei por outra porrada q eu ñ quero contar pq envolve outras pessoas, mas foi uma das coisas mais difíceis e desgastantes q passei nos últimos anos, só q eu não tinha outra opção a não ser resolver! Resolvido, força na peruca, pouco tempo depois: corona vírus. Como se já não fosse ruim sozinho, o meu pai sofreu um AVC no meio dessa pandemia mundial (ele tá melhorando 🙏), o que me fez ter que voltar pra São Paulo e, por decorrência do isolamento, fiquei impedida de retornar ao Rio para concluir o trabalho da forma q gostaria. Workaholic que sou, acho q não preciso dizer o quanto isso mexeu comigo, mas eu sou muito grata a essa equipe perfeita q deu um jeitinho de me incluir no trabalho mesmo a distância, gravando de casa e entrando nas transmissões através de chamadas de video. Ver o resultado do projeto faz valer a pena a correria, mudanças, ter abdicado de férias e cada conturbação q o ano trouxe, pq esse BBB foi perfeito e se eu pudesse voltar atrás eu faria tudo de novo pra poder dizer q fiz parte disso. E a toda a equipe eu só sei dizer: Obrigada! ❤

A post shared by Nyvi Estephan (@nyviestephan) on

Sobrecarga de trabalho

“Arrisco dizer q esses últimos meses foram os + intensos da minha vida.. é normal eu não dividir tudo com vocês, e muitas [coisas] vocês acabam sabendo, mas o ponto é que aconteceu muita coisa maluca desde q eu “fechei” o ano.” Discorre a streamer sobre o período do final de 2019, onde após uma onda de trabalhos, sentiu os sinais de um corpo fadigado que teve como um dos principais sintomas a perda de voz. “Ainda tô fazendo fono pra isso, não tá 100%” relembra os internautas.

BBB

Mesmo diante de um estado físico e mental demandando um período em off, Nyvi não conseguiu recusar uma proposta inusitada: cobrir a edição do Big Brother Brasil 2020 como repórter. A oportunidade foi definida como uma honra, digna de maluquice caso fosse descartada.

Rio, São Paulo e “rio” em SP

Durante a temporada do BBB, Nivy que fazer malabarismos de locomoção para poder atender a todos os seus compromissos. Mas o vai e vem foi marcado por coisas desagradáveis:

Ainda continuava fazendo a escala Rio – SP, pelos jobs e pela minha família. Numa dessas a gente passou por uma enchente inacreditável (fiquei ilhada, perdi meu carro..), mas encarei com bom humor. Afinal, assim a vida fica mais leve, né? Pouco tempo depois eu passei por outra porrada que eu não quero contar porque envolve outras pessoas, mas foi uma das coisas mais difíceis e desgastantes q passei nos últimos anos, só que eu não tinha outra opção a não ser resolver!

Coronavírus e AVC do pai

Juntamente com os impactos causados pela pandemia de COVID-19, Nyvi teve de lidar ainda com um problema de saúde familiar, o acidente vascular cerebral (AVC) sofrido pelo pai.

Resolvido [os problemas do tópico anterior], força na peruca, pouco tempo depois: coronavírus. Como se já não fosse ruim sozinho, o meu pai sofreu um AVC no meio dessa pandemia (ele tá melhorando 🙏), o que me fez ter que voltar pra São Paulo e, por decorrência do isolamento, fiquei impedida de retornar ao Rio para concluir o trabalho da forma que gostaria.

Home office

Mesmo impossibilitada de comparecer ao Rio de Janeiro, onde o reality é gravado, Nyvi conseguiu concluir sua participação no programa através de lives e outras ações feitas diretamente de sua casa. E mesmo longe das condições ideais para uma assumida workaholic (pessoa viciada em trabalhar), Nyvi Estephan soube reconhecer o esforço de todos os envolvidos para concluir os trabalhos em torno da sua missão de repórter.

Workaholic que sou, acho q não preciso dizer o quanto isso mexeu comigo, mas eu sou muito grata a essa equipe perfeita q deu um jeitinho de me incluir no trabalho mesmo a distância, gravando de casa e entrando nas transmissões através de chamadas de vídeo.

Ver o resultado do projeto faz valer a pena a correria, mudanças, ter abdicado de férias e cada conturbação q o ano trouxe, pq esse BBB foi perfeito e se eu pudesse voltar atrás eu faria tudo de novo pra poder dizer q fiz parte disso. E a toda a equipe eu só sei dizer: Obrigada! ❤

Após o fim das gravações do BBB, o mais provável é que a streamer descanse alguns dias, antes de retomar com a rotina normal de suas lives e demais ocupações profissionais.