Cyberpunk 2077 keanu reeves
Imagem: Reprodução.

Quem está acompanhando o turbulento lançamento de Cyberpunk 2077 já viu que a coisa está feia para os lados do CD Projekt. Atrasos, bugs, decepções gráficas, saída da PSN e outras questões tem tirado o sono dos poloneses, e tudo indica que vem mais chumbo grosso por aí.

Além dos pedidos de reembolso já concedidos, algumas pessoas não estão se dando por satisfeitas e prometem ir até as esferas judiciais para recuperarem seus prejuízos. E isso não só já começou como tudo indica que o movimento pode estar só no começo.

Uma ação coletiva está sendo movida contra o CD Projekt Red por um investidor que afirma ter sido enganado sobre o estado do jogo. A empresa não tinha se pronunciado sobre a ação judicial até o último domingo, quando reagiu ao movimento em questão, dizendo que irá se defender “vigorosamente contra tais reivindicações.” 

Por enquanto, ainda não há mais informações sobre como isso deve se desdobrar, mas tudo indica que o CD Projekt aprendeu uma lição valiosa com Cyberpunk 2077. Sai mais barato não sair com um jogo de qualquer jeito no mercado. Porque ainda que o “de qualquer jeito” possa ser perdoado por uma parte dos jogadores, a outra parte pode se revoltar, e a coisa pode ficar punk. Em suma, o mercado não perdoa nada, vide o pornô desse game.

Cyberpunk 2077 está disponível para PS4, Xbox One e PC.

Leia também: