Mortal Kombat: Confira 11 diferenças entre o filme e os games

Algumas são difíceis de engolir

Publicado em 31/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de muita expectativa (e algumas frustrações causadas pela pandemia), finalmente o novo filme de Mortal Kombat estreou, e como já era de se esperar, dividiu opiniões. Muito desse desconforto gerado se deve principalmente por um apontamento já clássico quando o assunto é comparar um filme inspirado em games: Tem muita coisa que não bate com a obra original.

E embora isso tenha muitas justificativas (falamos com um cara que entende bem desse assunto nessa reportagem aqui), muita gente não aceita que algumas coisas simplesmente não migrem para a telona. Com MK não foi diferente. E aos que queiram bater o cara-chachá, o Den of Geek reuniu as principais mudanças entre o que você conhece nos jogos e o que está no novo filme de Simon McQuoid. Confira abaixo:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Origens e rivalidade de Scorpion e Sub-Zero

No game, (resumidamente) Quan Chi coloca Sub-Zero e Scorpion (que são membros de clãs rivais) um contra o outro. Sub-Zero mata Scorpion ao tentar completar a missão, mas Quan Chi ressuscita o ninja amarelo depois de fazê-lo acreditar que Sub-Zero matou sua família e clã. 

No filme, essa história está aparentemente amputada, dando a impressão que Sub-Zero e Scorpion são simplesmente membros de clãs rivais e que Sub-Zero realmente matou a família de Scorpion. Não há qualquer apontamento que diga que Quan Chi ressuscitou Scorpion. A ideia de que Sub-Zero é diretamente responsável por essas mortes pode fechar a porta em uma história futura onde o irmão de Sub-Zero e Scorpion se unem para se vingar de Quan Chi, mas simplificar este ponto de trama específico faz um pouco de sentido quando você considera que adicionar Quan Chi ao filme teria apenas acrescentado outra peça a um filme já ocupado. 

O que aconteceu com os braços de Jax

Aqui temos uma bagunça feita pela própria franquia nos games, que mostra mais de uma origem para a perda dos braços de Jax. Contudo, nenhuma dessas versões é levada em consideração na história contada no filme, onde é Sub-Zero o responsável pela fatalidade, explodindo os braços de Jax após congelá-los durante um enfrentamento.

Escolha dos lutadores

Assim como se sabe, nos games, cada personagem vai parar no torneio por um motivo diferente, e isso vai da bossalidade do convencido Johnny Cage ao heroísmo de de Liu Kang. O filme tenta amarrar tudo isso algo mais, sugerindo que os participantes estão ali não somente por uma obra do destino, como apontando que você pode se tornar um dos lutadores matando um participante já escolhido. Não entendeu muito bem? A gente também não, vamos todos ver de novo por aqui.

E esses poderes aí, bicho?

Hadouken de gelo, arpão que sai da mão, voadora com pedalada, olho com raio laser… não faltam habilidades, máquinas e poderes para a gente se perguntar em algum momento de onde veio isso tudo. No game, muito disso tem explicação, podendo ser algo de nascença, intervenções cirúrgicas ou simplesmente ser um presente divino. No filme, por uma questão de tempo, obviamente não dá pra explicar esse meio mundo de coisas, mas foi separado um tempo para explicar a origem do poder de alguns personagens. Confira abaixo como alguns dos guerreiros de Earthrealm desbloquearam essa habilidade “Arcana” dentro deles. 

Poderes de Sonya Blade

No filme, Sonya obtém seus poderes quando mata Kano, tornando-se uma das lutadoras escolhidas do torneio e desbloqueia sua habilidade Acana. Nos games, isso é um pouco confuso a princípio, mas fica subentendido que ela tem criações mecânicas ao invés de poder. poder inerente. A ideia de Sonya ter um dispositivo anexado a seus braços que lhe permite atirar projéteis realmente parecia ser parte de um esforço para ajudar a explicar suas habilidades inexplicáveis ​​nos jogos originais, mas era uma maneira bastante eficaz de fazer exatamente isso. 

Olho de kano

No game, Kano teve seu olho e entorno desfigurados numa luta contra Jax. No lugar dessa região afetada, foi colocada uma placa juntamente com um olho mecânico que, além de conceder uma visão aprimorada com vários recursos, ainda era capaz de disparar raios lasers.

No filme, a culpa é do lagartão Reptile, mas a coisa do laser é uma habilidade arcana desbloqueada nesse rolê. Forçado e desnecessário? Nos diga você.

Sabendo legal?

No filme, contar o que está pegando para o novato Cole Young foi uma missão para Sonya Blade, que ao que tudo indica, sabe de muita coisa por conta de uma longa investigação na qual ela estava envolvida. Nos games, do primeiro até o último, a impressão que muitos tem é de que Sonya cai de paraquedas no torneio enquanto perseguia Kano. Eita konfusão.

Reptile

Reptile nos jogos: Um ninja reptiliano, habilidoso, assassino e leal aos governantes de Outworld e a Shang Tsung. 
Reptile no filme: foco no modo lagarto gigante, algo que foi praticado só em Mortal Kombat: Deadly Alliance, e isso não foi assim uma coisa que se diga “minha nossa, olha esse lagartão nervoso, bicho!”

Regras do Torneio

Embora provavelmente pareça que o torneio do Mortal Kombat é basicamente gratuito, muitas versões do torneio vistas ao longo dos jogos seguem algumas regras básicas. Uma das regras mais importantes do MK diz que você não pode atacar os lutadores de outro reino antes do torneio e que uma violação dessa regra pode significar ter que lidar com a ira dos Elder Gods.

O filme joga muito disso pela janela. Menciona que as regras existem e, com razão, sugere que nem todo mundo joga por elas, mas em algum ponto, todos parecem ignorar todo o conceito de torneio em favor de apenas matar uns aos outros. Enquanto isso, Raiden fica parado e dá pouca ajuda, apesar de aparentemente ser capaz de intervir e começar a bater nos trapaceiros assim que as regras forem quebradas. 

Origem de Liu Kang

Desde o primeiro jogo, Liu Kang foi retratado como um guerreiro incrivelmente habilidoso que se destaca como um dos defensores mais capazes de Earthrealm. Os detalhes de sua origem foram discutidos ao longo dos anos, mas há muito existe a ideia de que ele foi um dos participantes do Reino da Terra que treinou para este momento por algum tempo. 

O filme não se afasta muito dessa história em comparação com outras origens retrabalhadas, mas adiciona algumas rugas ao sugerir que Liu Kang já foi um órfão e que “conquistou” seu lugar no torneio matando um contrabandista de crianças que tinha a marca nele. A mudança parecia ser uma forma de explicar como Liu Kang conseguiu seus poderes no universo do filme e se juntou a esta versão do torneio, mas é outro daqueles aspectos do filme que talvez tenham sido exagerados e cria algumas complicações de personagem que não são. Tá.

Cole Young

Se você é um fã que acompanha as notícias da franquia, já deve saber que Cole Young foi um personagem criado especialmente para o filme, logo, não tem nada dele nos games. Contudo, há uma lacuna a ser explorada pelo filme.

Na adaptação aos cinemas, Cole Young é um dos descendentes de Scorpion, e ora, vejam só, disso sim se fala nos games, já que os filhos de Scorpion foram citados em edições anteriores, embora essas presenças nunca tenham passado de meros flashbacks ou visões. Muita gente sentiu falta de uma explicação melhor pra esse cara, mas talvez isso seja esclarecido em um dos próximos QUATRO filmes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio