Após FIFA, Konami confirma suspensão de jogador por estupro

Mason Greenwood, do Manchester United, foi removido dos jogos de futebol da Konami “até novo aviso”.

Publicado em 07/02/2022 10:07
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jogador do Manchester UnitedMason Greenwood, de 20 anos que foi libertado sob fiança após sua prisão por suspeita de estupro, agressão e ameaça de matar uma jovem, foi inicialmente preso no domingo, 30 de janeiro, depois que imagens, vídeos e arquivos de áudio foram publicados online. Ele foi preso na terça-feira por suspeita de ameaças de morte e agressão sexual.

Devido a esses acontecimentos, Greenwood foi suspenso pelo Manchester United, com o clube emitindo uma nova declaração na terça-feira, 2 de fevereiro. Nele, um porta-voz do clube inglês informou que: “O Manchester United reitera sua forte condenação de qualquer tipo de violência. Conforme comunicado anteriormente, Mason Greenwood não treinará ou jogará pelo clube até novo aviso”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois disso, o jogador perdeu vários patrocinadores como a Nike que suspendeu seu relacionamento com Greenwood e a EA que também o removeu dos times ativos no game FIFA 22. A EA Sports também confirmou que o jogador não estaria disponível em pacotes ou no draft em seu popular modo Ultimate Team. E agora veio mais uma para ele.

A Konami, parceira global do United desde 2019, removeu Greenwood de seus jogos de futebol como resultado da acusação. A fabricante de jogos disse em um comunicado: “À luz das sérias alegações feitas contra Mason Greenwood, o jogador será removido de nossos títulos de futebol até novo aviso. Especificamente para o PES 2021 no celular, os usuários não podem obter o jogador, mas os proprietários existentes não são afetados. A KONAMI condena a violência de qualquer tipo. Enquanto as investigações policiais estão em andamento, seria inapropriado comentar mais.”

A Sports Interactive, fabricante do Football Manager, disse que ainda não tomou uma decisão sobre a remoção do atacante do United de seu jogo.

Entenda o caso

Imagem: allsoccer

A polícia da Grande Manchester, no domingo divulgou que havia preso uma pessoa, mas não chegou a dar o nome de Greenwood. Em sua declaração, eles soltaram o seguinte: “Um homem de 20 anos foi preso (no domingo, 30 de janeiro de 2022) por suspeita de estupro e agressão a uma mulher e foi libertado sob fiança enquanto aguarda uma investigação mais aprofundada”. Greenwood foi preso depois que a força policial “tomou conhecimento de imagens e vídeos de mídia social online postados por uma mulher relatando incidentes de violência física”. As imagens e vídeos foram postados no Instagram da mulher no domingo. Eles foram posteriormente excluídos.

Via: Kotaku/Eurogamer/The Athletic
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar