Novo seriado de Resident Evil já está disponível na Netflix

A série se divide em quatro partes, com duração total de 105 minutos

Resident Evil
Publicidade

A Netflix finalmente lançou sua nova série de animação baseada no jogo Resident Evil. Resident Evil: Infinite Darkness gira em torno de um surto de zumbis, na Casa Branca. “Anos depois dos horrores de Raccoon City, Leon e Claire se viram consumidos por uma conspiração sombria quando um ataque viral devastou a Casa Branca”, diz a sinopse no catálogo do streaming.

A série é um filme dividido em quatro partes, com duração total de 105 minutos. Em maio, uma trailer lançado pela Netflix mostrou alguns detalhes sobre o enredo, além de algumas criaturas interessantes, como um porco zumbi. Assista:

Em março, uma sinopse do enredo divulgada pelo streaming, revelou que Nick Apostolides e Stephania Panisello, vozes de Leon e Claire no remake de Resident Evil 2, estariam de voltar para reprisar seus respectivos papéis. Confira na íntegra o resumo da história da série:

Continua depois da publicidade

“Em 2006, havia vestígios de acesso indevido a arquivos secretos do presidente encontrados na rede da Casa Branca. O agente federal americano Leon S. Kennedy está entre o grupo convidado à Casa Branca para investigar o incidente, mas quando as luzes se apagam repentinamente, Leon e a equipe da SWAT são forçados a derrubar uma horda de zumbis misteriosos. Enquanto isso, Claire Redfield, membro da equipe da TerraSave, encontra uma imagem misteriosa desenhada por um jovem em um país que ela visitou, enquanto fornece apoio aos refugiados. Assombrada por este desenho, que parece ser de uma vítima de infecção viral, Claire inicia sua própria investigação. Na manhã seguinte, Claire visita a Casa Branca para solicitar a construção de um centro de bem-estar. Lá, ela tem um reencontro com Leon e aproveita a oportunidade para mostrar a ele o desenho do menino. Leon parece perceber algum tipo de conexão entre o surto de zumbis na Casa Branca e o desenho estranho, mas ele diz a Claire que não há relação e vai embora. Com o tempo, esses dois surtos de zumbis em países distantes levaram a eventos que abalaram a nação em seu âmago”.

Infinite Darkness foi produzido pela TMS Entertainment (Akira, Lupin the Third, Little Nemo), estúdio japonês respeitado, e animado pelo estúdio Quebico, também japonês. Pronto para maratonar?

Via: Chris Scullion/VGC

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade