RIOT GAMES CORONAVIRUS
Montagem: Divulgação.

Entre tantos estragos causados até aqui pelo coronavírus no mercado gamer, surgem também as boas notícias. Uma delas é doação da Riot Games, que juntamente com os seus co-fundadores Brandon Beck e Marc Merrill, vão repassar US$500.000 cada, no combate ao coronavírus (COVID-19). A doação vai para diversas instituições nos Estados Unidos que estão combatendo a pandemia.

O Banco Alimentar de Los Angeles receberá US$400.000 e US$200.000 serão entregues ao fundo da câmara de Los Angeles, para ajudar a suavizar os custos das despesas de saúde, fornecer refeições a idosos e a outras pessoas que possam precisar de ajuda.

De acordo com o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, a contribuição da Riot Games também ajudará hospitais. “Além dessa contribuição financeira, a Riot Games está trabalhando para assegurar equipamentos importantíssimos para os hospitais de Los Angeles, como as máscaras para proteger os médicos e enfermeiros na linha da frente,” disse o prefeito.

A iniciativa da Riot Games se soma ao esforço de outras empresas do segmento, como o Ndemic Creations, estúdio desenvolvedor do game Plague Inc, que fez uma doação de US$ 250.000 para combater a pandemia em andamento.

Plague Inc. está com aumento de interesse — Foto: Divulgação/Google Play
Cena de Plague Inc. Imagem: Divulgação/Google Play

O valor será dividido entre a Coalizão de Inovações em Preparação para Epidemia (CEPI) e o Fundo de Resposta de Solidariedade COVID-19 da Organização Mundial da Saúde (OMS). O game é conhecido por ser um simulador de situação epidêmica, onde o objetivo principal é desenvolver técnicas de propagação de um vírus mortal, até que uma pandemia seja instalada e dizime a raça humana. Confira trailer do game abaixo: