Ex-roteirista de Dying Light 2 quebra o silêncio sobre alegações de má conduta sexual

Chris Avellone, que trabalhou em Dying Light 2 entre outros jogos famosos, responde às alegações de má conduta sexual.

Publicado em 28/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ano passado, o roteirista Chris Avellone foi acusado de má conduta sexual por várias mulheres, levando a desenvolvedora de Dying Light 2, a Techland, a romper os laços com ele. Depois de um ano de silêncio, Avellone agora falou sobre o assunto, afirmando que está entrando com uma ação judicial contra seus acusadores, que ele diz ter feito as acusações por causa do “rompimento ruim [que ele] teve com sua amiga Jackie”.

Em uma série de tweets, Avellone detalhou seu relacionamento com três das mulheres envolvidas nas alegações de má conduta sexual: Karissa, Kelly e Jackie. Avellone começou a discutir os eventos em torno das acusações, sustentando que ele teve um relacionamento físico com Karissa e Jackie, mas que essas relações eram consensuais. Avellone também afirma que não se lembra de ter conversado com Kelly.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Avellone passou o ano passado reunindo “recibos, fatos, correspondência, fotos e depoimentos de testemunhas”, dos quais apenas uma pequena parte foi apresentada até agora, disse ele. Avellone prossegue afirmando que as acusações foram feitas devido às mulheres estarem chateadas com seu rompimento com Jackie anos atrás, afirmando que queriam “justiça” para Jackie. Avellone afirma ainda que Karissa queria que ele terminasse com Jackie.

O roteirista ainda afirmou que queria permitir que vozes fossem ouvidas, mas continuou dizendo “ao ficar em silêncio, eu estava errado”. Avellone acredita que as alegações de Karissa foram desencadeadas por uma entrevista que ele deu ao IGN, da qual ele disse ao site que haviam cortado sua protagonista feminina na época – um movimento que ele disse que estava “enojado”.

Avellone apresentou uma “resposta formal” na semana passada com o testemunho e as provas que adquiriu no ano passado. Outras mulheres apresentaram alegações contra ele, mas Avellone informou que deve primeiro abordar as acusações de Karissa. Já Christy Dena, afirmou ter compartilhado uma noite com Avellone, embora ele fale que estava em um continente diferente na época.

Avellone concluiu que as acusações contra ele eram de natureza maliciosa e que acredita que devem ser contestadas. Histórias de assédio sexual e agressão não são incomuns na indústria de jogos, embora este seja um caso de destaque devido ao trabalho anterior de Avellone, que inclui Fallout New Vegas e Star Wars: Knights of the Old Republic 2.

Via: Twitter/Game Rant
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio