Twitch
Imagem: Reprodução

A Rambler, empresa russa de tecnologia, está processando a Twitch por US$ 2,87 bilhões uma vez que, segundo ela, a plataforma de streaming permitiu que os usuários transmitissem imagens correspondente à Okko Спорт, que faz parte da Rambler Group.

Na semana passada, a empresa Nginx teve seu escritório invadido por autoridades russas após a Rambler alegar direitos sobre seu código-fonte.

A empresa russa está reivindicado 36 mil casos de violação, após alguns usuários transmitirem jogos da Premier League no Reino Unido. Além da multa, no ano passado a Rambler queria que a Twitch fosse banida da Rússia.

Existe um precedente em relação à violação de direitos autorais em sites de streaming e vídeo como o Twitch e o YouTube. A Rambler parece estar tentando mudar esses fatores ou pretende reduzir seu processo a um número mais razoável.