FIFA 21 adiciona jogador assassinado há 15 anos

Prince era um jogador de futebol do Queen's Park Rangers

Publicado em 18/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após ser tragicamente esfaqueado, há 15 anos, um jogador será adicionado ao FIFA 21. Kiyan Prince, de 15 anos, foi morto após defender outro garoto que estava sofrendo bullying.

Prince era um jogador de futebol talentoso, do Queen’s Park Rangers, e no 15º aniversário da sua morte, ele será homenageado e recontratado por seu antigo time. Seu número de jogador será 30, já que é a idade que ele faria se estivesse vivo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No FIFA 21 o jogador parecerá 15 anos mais velho do que era na época de sua morte. Através dos dos esforços combinados de Framestore, um modelo de personagem do jogador foi projetado. Trata-se de um estúdio de efeitos especiais, cientistas da Universidade de Bradford e seus entes queridos. A imagem criado para o jogo também vai aparecer como parte de uma campanha da JD Sports, então os fãs verão Prince em outdoors no Reino Unido.

O pai de Prince, Dr. Mark Prince, deu uma entrevista à Reuters, e falou que ‘desabou’ ao ver o modelo do personagem pela primeira vez. Desde a morte do filho, o Prince mais velho dedicou sua vida a se manifestar contra a violência com faca por meio da Fundação Kiyan Prince.

“Por meio desta campanha, minha esperança é que o mundo finalmente consiga ver o incrível potencial de Kiyan realizado. Podemos homenagear seu talento e, com sorte, podemos inspirar outras crianças a honrar seu próprio talento também”, falou. Les Ferdinand, diretor de futebol do QPR, acredita que a participação na FIFA também pode dissuadir outras crianças de portar facas.

“A maioria desses caras, desta geração, joga a FIFA, eles verão Kiyan e se isso puder mudar apenas uma de suas mentalidades, será um benefício”, falou o diretor, à Reuters. FIFA 21 está disponível para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X|S, Nintendo Switch, Stadia e PC.

Via: Marc Deschamps/ComicBook

Siga o Observatório de Games nas redes sociais

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio