Ações da Sony despencam após a Microsoft anunciar aquisição da Activision Blizzard

As ações da Sony não tinham uma queda tão grande há 14 anos, desde o problema com as baterias de seus notebooks.

Publicado em 20/01/2022 12:14
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A indústria de jogos virou um verdadeiro terremoto desde que a Microsoft anunciou que estava comprando a Activision Blizzard. Desde então, as notícias sobre o futuro dos jogos e seus funcionários não param de correr pelas redes sociais. E o nome do Playstation sempre está em alguma dessas discussões, já que a dona do Xbox vem se movimentando de uma forma notável na compra das principais empresas do mercado.

E pega pelo terremoto, as ações do Sony Group (SNE), acabaram caindo quase 10% após a primeira hora de negociação no mercado de Tóquio, Japão. E esse declínio apenas se manteve firme durante todo o dia, fechando com uma perda vertiginosa de 12,78%! Esta é a maior desvalorização no valor de suas ações desde outubro de 2008, quando a Sony foi obrigada a recolher 100 mil baterias de notebook devido a risco de incêndio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além da queda no Japão, a Sony também sofreu no principal mercado de ações do mundo, na Bolsa de Nova York, onde elas caíram mais de 3%, após uma queda de dois dígitos na sessão de terça-feira. A compra bilionária de 68,7 bilhões de dólares pela Microsoft, irá permitir que o Xbox acabe superando a biblioteca do Playstation, o que segundo especialistas da indústria de jogos, é também um dos motivos de queda da Sony.

Isso também se deve ao valor de compra das ações da Activision Blizzard, que custava 95 dólares por ação, ou seja, aproximadamente 45% a mais do que o valor da empresa antes do anúncio de venda. Junte-se a isso os cerca de 400 milhões de jogadores mensais pelo globo que a Activision possui com os mais de 25 milhões de usuários do Xbox Game Pass, já ultrapassa tranquilamente os 47,2 milhões de assinantes do PlayStation Plus.

Portanto, isso é realmente um duro golpe para a Sony, que terá que se mobilizar de qualquer forma para responder de forma adequada a compra a Activision Blizzard pela Microsoft, já que ela terá um ativo de exclusivos – e excelentes títulos – a disposição para o Xbox.

Sendo assim, este é mais um motivo para as quedas, já que os especialistas do setor acreditam que as vendas de consoles do PlayStation irão decair, já que a maioria irá preferir o Xbox devido a esse grande ativo de jogos da Activision Blizzard, como Call of Duty, Diablo, World of Warcraft, entre outros.

Exagero

Mas nem tudo é realmente o que parece e segundo analistas a queda nos preços das ações da Sony foram exageradas, já que o negócio na indústria de jogos representa apenas um pouco mais de um quarto de lucro operacional da Sony. Vale destacar que a empresa possui outros negócios e não apenas o PlayStation.

Além da indústria de jogos, a Sony está – e muito bem obrigada -, na de cinema e recebendo ótimos lucros com o último filme do Homem-Aranha, além de grandes expectativas com Uncharted, que deverá, caso a adaptação seja um sucesso, trazer uma nova leva de fãs da franquia, culminando em vendas de seu jogo. Também vale destacar que a Sony fornece semicondutores de detecção de imagem para empresas como a Apple Inc., está no ramo de smartphones, televisores, etc.

Ganhos nas ações com a venda

Mas se as coisas ficaram meio pesadas do lado da Sony, outras fabricantes de jogos se saíram muito bem, já que Square Enix, Capcom e a Konami tiveram uma elevação de 5%, enquanto o valor das ações da Ubisoft cresceram cerca de 11%.

Isso tudo mostra o quanto a indústria de jogos movimenta mais do que o imaginado em questões monetárias ao redor do mundo.

Via: The Financial Times
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar