Semana tem Phil Spencer elogiando e alfinetando PlayStation

Todo mundo acerta e todo mundo erra. E tá tudo certo.

Publicado em 11/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os últimos dias marcaram um comportamento contrastante de Phill Spencer, chefe da divisão Xbox. Embora uma coisa seja uma coisa e outra coisa seja outra coisa, as duas declarações de Phil chamaram a atenção da imprensa.

Elogiando

No dia 4 de junho, Spencer compartilhou uma mensagem de apoio a Carl Barlog, diretor de God of War, que saiu em defesa de sua equipe após alguns membros relatarem ameaças vindas de internautas revoltados com o adiamento de God of War: Ragnarok (título provisório da próxima aventura de Kratos).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste domingo (6), Phil retuitou uma postagem Carl Barlog, diretor de God of War, onde ele expunha sua indignação e repugnância com relação aos ataques sofridos por sua equipe. Em anexo à mensagem, o chefe máximo dos caxeiros mandou “É assim que se parece uma liderança. Muito bem!” disse Phil Spencer, em tom elogioso. Carl rapidamente respondeu ao apoio: “Muito obrigado, meu amigo! ❤️”

A postagem escolhida por Carl é um print de Alanah Pearce, uma de suas funcionárias recém contratadas, que relatou ofensas morais, profissionais e até mesmo ameaças de estupro. Tudo porque God of War Ragnarok foi anunciado para o ano que vem e isto teria irritado internautas que passaram a escolher culpados pelo adiamento.

Alanah, que recentemente foi contratada em primeiro lugar na disputa por uma vaga no Santa Monica, tem rebatido com alguma ironia as mensagens tóxicas e criminosas que te recebido. Por enquanto, ainda não foi comunicado publicamente nenhum tipo de ação civil a ser contra os envolvidos nos ataques, tanto por parte dela quanto do estúdio.

Alfinetando

E conforme dito acima, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Nesta quinta (10), uma indireta de Phil para a Sony foi retransmitida pelo jornalista do Kotaku por conta de sua estratégia em lançar seus títulos exclusivos para PC.

“O raro tiro de Phil Spencer contra a Sony: “Somos a única plataforma que envia jogos para PC, nuvem e console simultaneamente. Outros trazem jogos de console para PC anos depois, não apenas fazendo as pessoas comprarem seu hardware antecipadamente, mas cobrando-lhes um segundo hora de jogar no PC.”. Por enquanto, nenhum nome oficialmente ligado à Sony se manifestou sobre o apontamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio